quinta-feira, 11 de outubro de 2007

we've got ourselves a universe

Há umas duas semanas a MTV vem exibindo num programete chamado "MTV de Bolso" todos os clipes que foram sucesso ano a ano desde 1990, quando a emissora foi lançada no Brasil. É muito, muito engraçado (nem sei se engraçado é a palavra)... Na verdade, tem sido muito bom porque é uma revisão da minha vida, de boa parte da minha vida (e acho que da de qualquer um que esteja assistindo).

Eu ri tanto quando vi o topete dos "New Kids on the Block", lembra? Todo mundo queria ter um igual. E no ano seguinte todo mundo era grunge! Depois, na edição que fazia referência ao ano de 1993, tocou o clipizinho daquela "What's Up?" que tooooodo mundo cantava (e depois tooooooodo mundo gelou quando fez 25 anos de fato – não eu, claro, que não fiz ainda). Passou por "Mr. Jones", em 1994, e por outras tantas e tantas músicas boas nos anos seguintes que fazem a gente pensar que não só a música, como a vida era menos estúpida que hoje em dia. A gente realmente vive uma Era Bush (! Conclusão mais genial desde que esse blog começou!).

Enfim, hoje eu acordei com uma hora de clipes de 1998, um ano particularmente problemático (e "solucionático") na minha vida. Nossa, eu nem sei o que dizer. Quando tocou "Ray of Light", da Mamoçça, eu tive a certeza de que tá na hora de vazar mesmo. Eu vi que já vivi muita coisa, mas ainda tem muuuuuuito mais me esperando pra viver, tem um universo inteiro pra alcançar. Deep inside tem muita luz ainda pra brilhar.

Bora ser feliz, galera, bora irradiar felicidade por aí porque o mundo tá precisando.

Besos pra everyone, bom feriado, divirtam-se!


P.S.: Pena que a foto mais bacana que eu achei tá em preto e branco, pois em poucos clipes a cor é tão o que há como nesse... Mas zuzo bem, né? :)

Um comentário:

Polly disse...

Bora ser feliz!
Falei que serviria de inspiração...ohh muso inspirador..rs.
É tudo o que eu precisava pra escrever e ser feliz hoje...bora lá!

Beijos