quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

longe demais

Graças ao bento que inventou a tecla SAP ontem eu revi pela primeira vez o Closer, seguramente um dos meus filmes mais queridos ever. Eu fico até sem jeito pra falar dele. Eu nem ia falar, mas aí eu vi um post lá no Cremdeuspai, da minha amiga querida Polly, não resisti, e resolvi postar também.

Na verdade não dá mesmo pra falar muito não. Tem que assistir. No escuro. Se você estiver apaixonado, o filme é lindo. Se você estiver querendo se apaixonar, o filme é lindo. Se você já tiver desistido, o desgramado do filme é lindo. (Eu só continuo achando que erraram ao escalar a Julia Roberts, que sobra feito eu no Floresta ali). E aquele começo, o que é aquele começo?, já vale pelo filme todo.

Eu assisti Closer na estréia, num momento em que eu, incrivelmente, estava namorando (bom, eu pelo menos estava, não tenho mais certeza se a outra parte estava)... Eu ainda me lembro daquele espetáculo de Natalie Portman andando pelas ruas de Londres ao som de "The Blower's Daughter", indo ao encontro de um Jude Law. Eu já era doido com ela, na hora eu nem sabi ao que pensar. Não pensava, só sentia. Ai, Jesus, existe alguma chance de eu dar de cara com a Natalie Portman ao som de "The Blower's Daughter" nas ruas aqui de Tubiacanga? Não né? OK...

Eu amo Closer. Amo tudo no filme. E assisti-lo ontem, mesmo na TV (com SAP, please!), deu os mesmos calafrios... Talvez porque neste momento eu tô bem um the blower's son: meu pai que me leve pra onde ele quiser.

Amo esse filme, amo, amo e amo mais um pouquinho de com força.


P.S.: Eu confesso, o começo é lindo, mas eu desabo é no final.

Um comentário:

Pollyanna disse...

Segunda vez que vejo...sensações incrivelmente parecidas com a primeira vez...dúvidas a respeito do amor, a respeito da forma com que lidamos com o amor...a respeito da forma com que amamos...a respeito das mentiras e verdades que dizemos "em nome do amor"...se é que a gente conhece o amor!

(acho que preciso de um divã pra expôr todas estes meus questionamentos...rs)

Beijos