sábado, 28 de abril de 2007

Então vamo lá

Olá everyone!


Então, pessoas todas, a correria tem sido tanta que nem deu pra eu explicar. Este aqui é meu primeiro blog, ou minha primeira tentativa de blog.
Como alguns de vocês sabem, a minha revista, aqueeeela minha revista, deve virar um blog decente em breve. Mas como o tempo passou e eu mudei bastante, eu tô dando um tempo pra tudo sair como eu planejei, e ela ser um “veículo de comunicação” bacana como foi anos atrás.
Bom, um dos primeiros passos pra isso foi participar de um workshop com a professora Carmem, da puke, e nesse workshop eu tive que criar um blog. Enfim, aqui está a “criação”. Ainda tô mexendo nele, aos poucos (já que a correria pra acabar o “dejeto excremental” está a todo gás, nas últimas semanas).
Eu tive a idéia de criar um “o Humberto explica” inspirado nas muitas amigas que eu tenho (suponho, aliás, que são só elas – só vocês – que estão lendo isso. Aliás, espero que vocês estejam lendo isso, senão o status de amiga do Humberto estará a perigo!).
Anyways, lembrei que elas fazem sempre, todas, as mesmas perguntas. Todas têm a mesma dúvida (e geralmente ao mesmo tempo), mesmo que uma nunca tenha visto a outra: “Humberto, por quê que homem faz isso?”, “Humberto, como que uma baranga dessa arruma um homem desse?”, “Humberto, hoje é dia 10 e meu dinheiro acabou, o quê que eu faço?”, “Humberto, o Atlético ganhou?”, “Humberto, o povo perdeu a noção de vez?”.
Por tudo isso, então, resolvi dedicar esse espaço pra tentar explicar o que nem Freud explicaria nos dias de hoje. E pra economizar meu tempo, já que uma amiga pode ler a resposta pra dúvida da outra, que possivelmente será sua dúvida um dia também.
Bom, abri até um email só pra isso (ohumbertoexplica@gmail.com). Pode mandar sua dúvida, sobre o que quer que seja. Eu vou tentar explicar. Se você não for uma das minhas amigas, se você nem for mulher, pode mandar também. Pode falar que eu te escuto (“momentos desabafo” também estão liberados aqui).
Enfim, vamos ver no que dá isso. Só espero não ter que explicar, daqui a um mês, porque meu blog não teve um acesso (hehehe).
Beijos gatas, prazer em conhecer as pessoas novas, valeu Carmem.
Abração.

quarta-feira, 25 de abril de 2007

noção já!

Vamo lá moçada, todo mundo usando a camiseta, preta ou branca, com a palavara NOÇÃO no peito. O mundo precisa disso!

testando de novo

blablablba madonna blabla

um, dois, três, testando

um, dois, três, testando