quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

carinhOSSO

No último sábado eu vi uma cena que me deixou tão pensativo. Mais banal não poderia ser a tal cena. Um beijo. Um beijinho no rosto. Dois namorados juntos, assistindo um filme, aí ali no meio da história, que nem era romance, um beijinho delicado e até inesperado no rosto, mais suave impossível. Carinho, puro carinho.

Nem sou de sentir inveja, nem sei se foi o que eu senti na hora vendo aquilo, mas bateu uma pontada no coração. Há quanto tempo eu não sei o que é isso? O que houve com as pessoas, como algo tão simples se torna motivo de surpresa? Eu mesmo é que não ando recebendo afagos e nem havia me dado conta?

Acho que isso é que me pegou. Pensei na última vez que recebi um abraço carinhoso, um beijo nada tarado (nada contra os desse tipo, fique claro). Até que das amigas eu recebo com boa freqüência, graças a Deus. Mas dos rolos... O nome já diz tudo, rolos...

Me dei conta de que beijo carinhoso mesmo de namorada recebi pela última vez foi daquela que será pra sempre aquela. E, putz, faz muito tempo isso. Provavelmente foi me dar conta do vazio das minhas relações e não o beijo alheio que me doeu de levinho.

Começo o ano cuidando do corpo, cuidando do futuro. Mas aquele beijinho ao lado me despertou para a necessidade de cuidar da alma também. E de passar a me envolver com quem valha alguma coisa, gente para quem eu também signifique algo.

Carinho, pessoal. Passem essa idéia adiante.

Besos sinceros, sinceros...

5 comentários:

Polly disse...

Sincero, honesto, carinhoso o seu post. É bacana perceber o quão importante é este tipo de carinho...é bom saber que podemos ter este certo carinho com a gente mesmo...e melhor ainda é saber que, por consequência, a gente atrai o carinho sincero dos outros...nada fulgazes como estes que costumamos receber (e que valem a pena enquanto duram...).

2008 é o ano, meu amigo! De corpo e alma...sempre.

Humbert disse...

:)

Helena disse...

Snif, snif!
Helena pergunta: Humberto, que dia nosso dia vai chegar??? hahaha....

Anônimo disse...

Ai, gata Helenosa, tem que chegar! Hehehe, senão vai virar carinhOSSO mesmo! ;P

Caroline disse...

Amigo,
Acho que o próximo post você pode escrever sobre criatividade.

Até mais.

Obs. Sei que você vai entender.