domingo, 11 de maio de 2008

é a mãe!

Angélica teve bebê. Alguns meses depois, Angélica está na capa da Boa Forma para mostrar a rapidez com que voltou à boa forma. UAU! Como ninguém pensou nisso antes?!

Que preguiça dessas revistas pervisíveis. Vai começar tuuuuuudo de novo, igualzinho quando o Joaca nasceu. Disparam a colocar a mulher na capa de tooooodas as revistas, ela repetindo em tooooooodas as entrevistas “o quanto ser mãe é a melhor coisa do mundo e que toda mulher tem que ser”. Coitada das mulheres que não quiserem ter filhos (sobretudo aquelas fora de forma).

O mais curioso nisso de colocar a Angélica na capa pra falar da rapidez com que ela recuperou a forma física é que fica parecendo que qualquer uma vai ter acesso aos mesmos tratamentos e regalias que a apresentadora tem pra ficar bem logo (e, cá pra nós, na outra gravidez ela não tava com esse umbigão proeminente de “bate-palminha”, não). E uma outra coisa que me incomoda é que esse tipo de chamada de capa meio que reforça uma idéia de que a mulher, além de carregar o bebê nove meses na barriga, parir, acordar de madrugada pra amamentar e tal, ainda tem que voltar a ficar gostosa pro marido em prazo recorde. Ah,vá pá porra! Deixem as mães em paz!

Enfim, a Angélica ficar grávida, recuperar a beleza do corpitcho, fazer capa e gostar de ser mãe não é desonra nenhuma, seguramente. Cada um sabe o que lhe faz feliz. Mas me cansa como fazem de tudo isso um modelo A SER SEGUIIIIDO pela mulherada toda. Por favor, alguém avisa que já estamos no século XXI.

Besos pras mamães leitoras do blog. Besos inclusive pras que serão mamães ainda. Principalmente aquela que parirá três gorduchinhos de uma só vez (hehehehe)!


P.S.: Não escrevi errado, quis dizer pervisível mesmo. Aliás, quis dizer previsível, mas escrever pervisível. Quem falava assim era a personagem da Paulina Poriskova na comédia Adorável Sedutora. Acho difícil, mas se você encontrar na locadora, é um filminho de “Sessão da Tarde” muito engraçado. Pelo menos eu achava quando tinha 17 anos. Se não for, também, vale pela beleza da Paulina, meeeeeeeeega top dos anos 80.
P.S.2: Angélica, 4 anos, 2 filhos"? , Luíza Brunet, 46 anos, 2 filhos marmanjos – isso, sim, é notícia. Mas, cá pra nós, o Benício não tá deixando a mãe dormir, não. Olha os olhos dessa pobre!
P.S.3: Pode esperar pra ver a Angélica nas capas da Nova, Estilo, Manequim, UMA, Criativa, Marie Claire e até da TPM.

4 comentários:

Caroline disse...

Poxa! Pensei que você fosse meu amigo.
Imagina, eu com 4 homens dentro de casa. 3 machinhos! E você com 3 afilhados machinhos!

Valeu.

Boa semana!

Abs.

Polly disse...

Ditadura da beleza, meu caro! Não se pode escolher ser simplesmente feliz...há de ser feliz e belo, gostoso, rico, etc.

Estas pessoas não sabem o que é a felicidade de verdade.

Beijos

Sarah disse...

arrasou no post, ri muito com as verdades absolutas aqui ditas mas...umbigo de bate-palminha foi a melhor!!! kkkkkkkkkkkk

Humberto, o besta disse...

Hehehe, mas não é igualzinho aquele umbigo da boneca, que tinha que aperta pra ela cantar parabéns?