terça-feira, 29 de julho de 2008

a cumpridona

Vira e mexe eu confesso minhas podreiras televisivas. Eu vivo zoando as pérolas da TV, mas eu também entrego meus maus hábitos televisivos porque, como disse dia desses, não sou santo.

Dito isso, e a foto já revelou bastante também, vou falar da mais nova porqueira que tô assistindo: a novela das oito (nove, dez...) “A Pavorita”. Tudo bem, é tosca, é “óbia”, como diria um chefe que eu tive, mas vamos concordar que é beeeeeeem melhor que o lixo que a antecedeu.

Anyways, tô assistindo “A Pavorita” mesmo, e quem não tiver nenhuma porcaria que goste de assistir que atire a primeira pedra. Chego em casa cansado, já passei o dia na internet, não agüento ler mais nada, quero mais é lixo mesmo – bom, muitas vezes só a escuridão do quarto e uma boa música são minha opção preferida.

Já pedi desculpas demais por assistir à novela, vamos ao que interessa: Eu tenho a minha heroína favorita! E é a personagem da Cláudia Raia!!! Gente, eu adoro a Patrícia Pillar, mas pelamordeDeus, a personagem dela é canseirinha demais. E tá sempre junta da personagem da Glória Menezes (far far away do que um dia foi a Laurinha Figueroa), esticada igualzinho à mulher da “Zorra Total”.

E, pior, o trio das loiras entojadas é triunfalmente completo pela personagem da Mariana Ximenes, que eu não agüento (a personagem, não a atriz). A Lara, que é a filha disputada, pra mim é igualzinho a Xuxa nos DVDs do “Só Para Baixinhos” – roupinha de menininho, cabelinho de menininho, vozinha de menininha... E é tão infantil que ela faz pirracinha, beicinho, falta só rolar no chão. Ontem mesmo, a égua (viu como já me deixei envolver pela merda da história?) acusou a trouxa que a criou (a Donatella, da Cláudia Raia, minha favorita) de ser a vilã da novela. Tava tão irritante que eu achei que ela ia virar pra Cláudia Raia e esbravejar que ela, a Lara, entrou em cena foi pra falar dela, não da mãe adotiva.

Enfim, espero de vera que a mocinha seja a Cláudia Raia. Porque senão terei seguido uma bosta duma novela chechelenta, cujo público automaticamente inocentou a personagem da Patrícia Pillar porque ela é loira e vilanizou a da Cláudia Raia porque ela “parece homem”. Além disso, se a Cláudia Raí for a vilã, putaquipariu, terá sido a vilã que mais se fudeu na história da telenovela brasileira.

A Donatella é mais engraçada, mais carismática, mais próxima da realidade, alguém que, como este blogueiro tosco, não é santo, mas também não é nenhum éguo.

Mega post gigante pra falar de bobagem. Abri pedindo desculpas, fecho pedindo desculpas: Eu assisto novela, sim, mas também estou lendo três livros técnicos sobre gênero e papéis sexuais (que, aliás, explicam bastante a aversão popular à Cláudia Raia por ela ser alta demais), lendo um outro livro de contos do Guimarães Rosa, administrando dois projetos e concluindo uma tradução. Além disso, como já disse, trabalho o dia inteiro, então... Bom, então deixa eu assistir (e comentar com torcida) ao que quer que seja, ora bolas!

Besos novelescos!


P.S.: Pra deixar bem claro: Assisto, sim. Mas não sou do tipo que deixa de fazer as coisas por causa de novela, não. Aliás, por causa de coisa nenhuma na “maravilhosa” televisão brasileira.
P.S.2: Falem o que for, mas a Cláudia Raia é um brijo de atriz. Adorava na “TV Pirata”, a Tancinha, adorava a Engraçadinha, adorava a Dona Safira...

6 comentários:

Sarah disse...

Comentando...

a última novela que assisti de cabo a rabo nem me lembro, liás quando eu era criança eu era noveleira( porque toda criança é noveleira ou porque elas eram "melhores" mesmo, não sei). O fato é que concordo com o dito sobre a questão de não deixar e fazer nada por conta da novela, eu idem,aqui em casa não, coisa que me deixa estupefata. Tudo bem...

Falando das favoritas. Acho que o pré julgamento da Dona Nutella ( sim, pq tá maior a olhos vistos-vide Safira)foi feito pela própria apresentação dos fatos, até na chamada da novela que fazia a Flora com cara de coitada master.

O desenrolar da trama foi nesse sentido também, aquela magreza, aquela tristeza, aquela cara lavada, 18 anos de prisão, etc enquanto a outra pinta e borda no luxo. Logo, Flora ganha o apoo popular (e o meu também). vai ser chato se for uma delas a assassina pq a Donatella tá mantendo bem a cara de vítima.

Por isso, torço para ser uma terceira pessoa (rsrrs) e acho que fou a Laurota Figueroa ( bem lembrado, esse personagem era escroto).

Novamente concordamos em algo irritante, Mariana Ximenes ( que eu gosto também muito) tá a cara da Xuxa com aquele cabelo impagável, judiação...

Sarah disse...

Desculpe, meu coments foi quase um post hehehe

"estou lendo três livros técnicos sobre gênero e papéis sexuais (que, aliás, explicam bastante a aversão popular à Cláudia Raia por ela ser alta demais)"

fiquei curiosa.

Guimarães Rosa? Boa sorte :)

Humbert disse...

Sarah, seus coments são sempre super bem vindos, como aliás o de quealquer doido que leia este blog. Coments gigantes, então, adooooro! Se quiser fazer um post também, pode fazer que eu publico, já é uma idéia que eu tava tendo (publicar um post de leitora por semana).

Quanto à Donatella e a maneira que a Gróbis vendeu a personagem, concordo. Mas continuo preferindo :P

E que ótimo que vc prefere a Flora, assim os dois toscos ficam no "joguinho", hehehe. É muita bobagem, né? Vejamos no que vai dar essa viadagem toda.

Quanto aos estudos de gênero, é o meu foco dentro dos estudos de comunicação (por isso taaaaaantos posts chatos sobre a imagem que a mídia faz da mulher, do homens e dos afins na televisão, nas revistas etc).

Guimarães Rosa... bom, tá bacana, mas ainda prefiro Fernando Sabino. :P

Coment gigante? Olha só o meu!
Bjos! :)

Caroline disse...

Eu também estou torcendo para Claudia Raia, mas ontem não aguentei a cena da Lara e tive que desligar a TV. Espero não me irritar com o final da novela.

Abs.

Obs. Adorei a parte "a Lara, entrou em cena foi para falar dela, não da mãe adotiva".
Amigo, não aguento é mais forte do que eu. Tinha que zoar rsrsrs...

Polly disse...

Fiquei curiosa em relação aos livros que está lendo...estas nossas maluquices humanas, o porquê das preferências e antipatias, paixões e ódios, sempre me atraem...rs.

Aliás, começo minha saga pelo mundo da psicanálise na segunda agora...começo por estudar a metapsicologia!!! Ninguém me segura!

Beijos

Sarah disse...

oba!!! post de leitoras!!