quinta-feira, 7 de agosto de 2008

a vida não é um livro de auto-ajuda

Tempos malucos esses em que vivemos... Já há alguns anos, ser discreto é crime gravíssimo. Por outro lado, pessoas (?) aparecidas e com discursos decorados, mesmo que não tenham conteúdo nenhum, são louvadas como gênios.

Valha-nos Deus.

2 comentários:

Sarah disse...

Não Zeca Baleiro...vivemos a época da peciência!

Humberto disse...

Osso, não?