quinta-feira, 9 de outubro de 2008

na beira do campo

Eu não sou desses que pegam no pé de estrangeirismos na língua portuguesa. Sou menos ainda daqueles que apedrejam o uso de vocabulário em inglês, mas não sofrem com um abajur. Também já tive a oportunidade de morar fora e sei do valor de todas as culturas, por mais estúpidas que algumas nos possam parecer, por isso procuro não cair na bobagem de achar que uma é muito melhor que a outra.

Mas eu realmente odeio quando algum estúpido resolve usar uma palavra estrangeira pra designar alguma coisa que já tem denominação em português.
Daí que um imbecil resolveu que as pomponetes, que sempre foram pomponetes, agora são “cheerleaders”. Nos países de língua inglesa, sobretudo nos Estados Unidos (onde elas são uma tradição), tudo bem. Mas no Brasil?! “Cheerleaders Brasil”?! Ah, um tempinho, por favor, pode ser?

Pra mim pomponete é pomponete é pronto. Tipo aquela inesquecível do Atlético Mineiro, que fez cursinho comigo e que fazia a rapazeada inteira parar pra olhar cada vez que entrava na sala com a peitança no lugar.

Enfim, ando muito cansado de idéia fraca.
Ponto final.


P.S.: Ponto final uma respeitosa peida. Esqueci de perguntar: Vocês sabem de quem foi a “idéia” de “trazer” as cheerleaders para o Brasil? Hum? Hum? Clica aqui pra saber. E depois me conta: Podia ter saído de outro buraco?

P.S.2: Agora, hilário mesmo são as revistas que o site das “cheers” usa na seção “mídia”. KKKKKKKKK!!! Eu pagava pra ver as mocinhas na Vogue, na Elle e até na Marie Claire, que é mais chuletinha.

3 comentários:

Caroline disse...

Amigo,essa filha da Gretchen parece homem...

Agora, o pior é que vai colar. Brasileiro gosta de valorizar a língua inglesa. Depois fica falando português errado...

Jesus toma conta!
Já estou até vendo: "meu sonho desde pequena era ser Cheerleaders..."

Abs.

Humberto disse...

Uai, amiga, que parece homem todo mundo já viu, hehehe. Por mim, ela pode ser o Mike Tyson. Eu não aguento é a escrotice, a falta de berço e outras coisas do tipo.Aliás, chega de falar desse povo no meu bloguinho bem frequentado.

Sarah disse...

Olha o comentário da tosca " Elas são as novas bonecas do Brasil" srrsr. Não, não podia ter saído de outro buraco...