quinta-feira, 6 de novembro de 2008

bela da tarde

Não sei se já falei com todas as letras aqui que eu amo a Kate Winslet. É uma das atrizes mais bacanas, mais bonitas, mais talentosas que eu conheço.

Este mês ela está na capa e na matéria principal da Vanity Fair, encarnando uma bela da tarde a la Catherine Deneuve (que dispensa apresentações). E eu já li que ela não gostou de a revista tê-la photoshopado, fazendo ela parecer mais magra.

A beleza física da Kate está exatamente em sua exuberância. É simplesmente linda, longe do padrão esquálido e bizarro das outras atrizes hollywoodianas. Eu me lembro sempre dela na cerimônia de entrega do Oscar em 2006, num longo azul, um espetáculo, espetáculo.

Por falar em Oscar, ela, que já foi merecidamente indicada cinco vezes, é uma das apostas para a premiação em 2009, tanto como atriz principal e como coadjuvante. Espero que leve os dois!

“Pecados íntimos”, “Brilho eterno de uma mente sem lembranças”, “Fogo sagrado”, “Paixão proibida”, “Razão e sensibilidade”... Fica aí a dica de apenas alguns dos ótimos filmes que Kate Winslet fez (please, não se lembre dela simplesmente com o a moça do “Titanic”).

É isto por ora. A gente fica aí ouvindo de Luanta, de Retardado, de Britney Spears, não custa falar de vez em quando de gente com talento, beleza e personalidade. Uma maravilha essa Kate Winslet.

Abrazos!
d

4 comentários:

Caroline disse...

Hum... boa dicas de filme. Vou assistir.

Abs.

Fernando disse...

Legal o blog.

Abraço

Sarah disse...

Sabe que não a reconheci antes de ler o post? Parecia a Sharon Stone nova. Né?

Também gosto desta atriz. Aquele filme Brilho eterno...é muito louco kkkkk. Eu gostei, pegamos ( eu peguei) na locadora e assitimos aqui em casa. Quase fui apedrejada, o povo odiou e até hj ouço por isso. Vai entender.

Humbert disse...

Tá parecendo a Sharon Stone mesmo, Sarah. E com relação a ser apedrejada, eu nem comento. Eu nem me atrevi a pôr o povo pra assistir isso, porque lá em casa clássico é "As branquelas" (OK, já vi tb e até ri um pouquinho, hehehe. Não sou o intelectual padrão, como deve dar pra ver).

besos!!