sexta-feira, 7 de novembro de 2008

força do bem

Sábado passado eu liguei a televisão enquanto me preparava pra sair e assisti à entrevista com a Isabel Fillardis no programa da Xuxa. Na verdade, eu confesso, eu tava mesmo querendo ver. Eu gosto da Isabel e já deixei isso claro aqui algumas vezes aqui no blog.

Eu lembro dela quando era modelo, novinha, em 1991. Naquele ano ela perdeu uma capa da Nova para uma Ana Paula Arósio no auge (se a Nova não põe negra na capa hoje, imagina 17 anos atrás). Também lembro dela na Capricho em 1992 (quando ela perdeu a capa, olha que coisa, pra Luana Piovanni). Enfim, lembro dela modelo, linda, linda, sorriso matador.

Também lembro da Isabel quando estreou como atriz, em "Renascer" (1993). Ela interpretava a Ritinha, e ganhou bom destaque na mídia. Daí pra frente foi seguindo, no meu ponto de vista, sub-valorizada pela TV e mesmo pelas revistas (podia ter feito mil capas lindas).

Anyways. Há algum tempo eu ouvi sobre a Isabel Fillardis mãe, e foi justamente pra saber mais sobre isso que eu quis ver o programa semana passada. Descontadas todas aquelas forçações de barra tipo “arquivo confidencial”, eu gostei bastante. Ela me pareceu uma pessoa bem pé-no-chão. Reforçou a simpatia que sempre tive por ela.

Se você quiser assistir, clique aqui para ver a primeira parte e aqui para ver a segunda (dez minutos cada uma). Se não puder, fica o resumo: Isabel é mãe de dois filhos, Analuz e Jamal. O pequeno Jamal tem a síndrome de west. Consciente do dramas das outras mães de crianças com a doença, Isabel fundou em 2003 a ONG “Força do Bem” e desde então vem desenvolvendo um trabalho muito bacana.

Enfim. Numa semana em que muitos de nós tivemos de lidar com a estupidez humana, é bom fechar com um post sobre alguém que vale a pena.

Isabel, parabéns por tudo. Deus proteja seus filhos e abençõe seu trabalho, como atriz e na ONG.

É isso, pessoal.
Bom final de semana pra todo mundo, muita luz e muita alegria pra todos nós!
,,
Besos!
dd

3 comentários:

Caroline disse...

Bom final de semana amigo.

Abs.

Sarah disse...

Hum...vi a chamada do tal programa com ela mas não assiti não.
Fillardis é gente fina, bela e simpática. Anda sumida, acho, porque eu ultimamente pra tv...

Lembro que ela tinha ou trabalhava numa ONG para coleta de lixo, algo assim, pelo visto, sempre ligada a projetos sociais.Antenada a moça!

Humbert disse...

Pois é, esse tipo de mulher não ganha capa na NOVA. A Carolina DICKmann ganha. Afinal, o que é a tal "mulher de NOVA", né? Que bicho é esse? (rs)

Besos!