domingo, 14 de dezembro de 2008

belíssima surpresa

Ontem à noite, chuvinha, sossego em casa, tudo tranqüilo, cedi e assisti a boa parte do último capítulo de “Capitu”. E quer saber? Lamentei não ter assistido à série inteira.

Tudo lindo. Tudo. A Maria Fernanda Cândido não existe. Ela é praticamente a Capitu que eu imaginava. Eu não posso nem descrever, na verdade, a série, muito bacana, muito bonita. Nada murrinha.

Eu achei que fosse ser aquela coisa teatral-sacal-pedante demais e que isso fosse estragar a aura que “Dom Casmurro” sempre teve pra mim. Achei isso, sobretudo quando, vi que o Bento ia ser interpretado pelo Michel Melamed. O Michel, que pode ser desconhecido pela maioria, mas que eu lembrava de quando ele apresentava o programa "Recorte Cultural" na TV Cultura – aliás, programa (e ator) que eu odiava no começo e depois passei a adorar (quando, aliás, tiraram da programação). Mas, enfim, quebrei a cara com minha expectativa negativa e deixei de ver a série inteira.

O jeito agora é esperar sair o DVD (podem me dar de presente daqui a dois meses). Bom que me dá tempo de reler o livro.

Fica então o registro: Ao menos o pouco que pude ver de “Capitu”, na Globo, valeu totalmente a pena. Sem pedantismo, meu agora, TV aberta como não se vê mesmo.
s

2 comentários:

Janaína disse...

Foi realmente muito linda toda a série, Humberto! Também fiquei na dúvida entre assistir ou não, com medo de perder o encanto que eu tinha pela obra original, no meu imaginário. Mas a curiosidade foi maior (sempre é!). Valeu demais cada minuto de meu precioso sono, que dessa vez não foi perdido em vão.

Sarah disse...

Bom, eu sabia que eu ia amar só pelo figurino, cenário. Mesmo quando o filme é ruim eu assito se amo essas coisas que fazem bem "pras vista".

O caso é que a série foi muito boa, ousada, um mix maluco de Machadão rock and roll kkkk. Eu amei!!!!

E acho que o ator que fez o Bentinho adulto roubou a cena. Fantástico!!! Eu de fato não o conhecia mas virei fã. Excelente interpretação, me divertia com as caras e bocas e a entonação da voz, perfeito.

Destaque absoluto para os vestidos da Capitu!