quarta-feira, 30 de abril de 2008

J.C.

De Jesus Cristo, olha só! :)

Bom feriado pra todo mundo!

THANKS! Pra Ele. E pra ela.

ô, coitada...

Eu morro de rir com o Te Dou Um Dado, mas sacanagem o que fizeram com a Gorete Milagres. Pôxa, taxaram a mulher de sub-celebridade. Mega celebridade ela não é, claro, mas a moça é uma atriz, sim, esforçada e séria faz tempo. Sua Filomena não era pouca coisa (só deu o azar de sair dos bares legais de TuBHcanga e cair no SBT); Além disso ela já dividiu a cena com o Matheus Nachtergaele no “Tapete Vermelho” (fica a indicação também); Ela tem tem talento, ora bolas. Tratar a mulher como se ela fosse uma Renata Rebañara ou uma dessas mulheres que saem na Playboy como “a ex do Fulano” é pegar pesado. E aí não deu pra rir, não.

fenomenal

Não renderei sobre a história do Ronaldanhãn (cabelo de) Fenômeno e os Três Travesteiros. Todo mundo já viu tudo que tinha pra ser visto a respeito em todas as mídias possíveis.

Eu só me pergunto o seguinte: Se fossem mulheres, e não travestis, tava tudo OK, é isso? Então o cidadão deixa a namorada-noiva-esposa em casa e sai pra transar com TRÊS outras pessoas e o problema é só que elas eram travestis?

E depois ninguém sabe porque as todas as ex do cidadão o largaram. Depois a Cicarelli é que é a ciumenta, a mááááá, a barraqueira, a satãããã!

Ô mundinho machista, puta-que-o-pariu.


P.S.: Se a Cicarelli, a Milene ou qualquer outra largasse o marido em casa e saísse pra “se divertir e aliviar a cabeça (qual mesmo?) com outros três caras o que restaria da moral dessas pobres?
P.S.2: A namorada-noiva-mulher largou o cara. Ufa, né?

REALLY completely very shocked

Eu já vi de tudo nesse mundo maluco, mas sempre há espaço pra que eu tome um susto sincero. Pelo amor de Deus, o que foi aquilo na Áustria? O que é aquele véio? Como diria a Polly, creeeeeeeeeeeeeDeusPaiiiiiiiiii!!!!!!
Jesus toma conta, como é que uma criatura dessas dorme?

Eu sei, tudo que eu tô falando parece aquele povo que grita “liiiiiiiieeeeeeeennnnchaaaaaa!!!!”, mas eu não tô mandando linchar ninguém. Fiquei foi sinceramente horrorizado de pensar na pobre da filha, 24 anos sem ver sol, trancafiada, sendo violentada por um pai doido de pedra, parindo filho-irmão, crianças que também cresceram sem ver o sol. Enfim, mundo podreira é muito apelido.

E como sempre, eu tenho perguntas (são óbvias, mas são sinceras):
1) PelamordeDeus, a mãe da filha (ou seria a filha da mãe) presa, como é que essa mulher não viu um porão com mega-segurança ser construído literalmente debaixo do seu nariz?
2) A polícia da Áustria, hein, cremDeusPai. Como assim?!
3) O que será que não está acontecendo debaixo dos nossos narizes?
4) Quem sou eu ou qualquer um pra falar em ficar chocado com essas barbáries em pleno século XXI, né? Toooodo dia a gente sai na rua, tem gente morando na rua, nascendo na rua, passando fome, logo, logo passando frio – E a gente age como se fosse normal. Na verdade a gente não age pra mudar isso.

É foda.

Uma última pergunta: Tem jeito pra essa “Humanidade”?

mundo dos sonhos

Nos coments do último post a Alê sugeriu “Os Sonhadores”, do Bernardo Bertolucci. Vi demaaaaaais, gata, na estréia no cinema. Fica aí também a indicação pra quem não viu. O filme se passa na Paris de Maio de 1968 – ou seja, assim como no caso de “Adeus, Lênin!”, o pano de fundo histórico dá espaço pra uma trama muito bacana.

Eu assisti “Os Sonhadores” em 2005, numa época em que eu estava bem cinéfilo. Lembro de ter visto nessa mesma época (e vale indicar também) o argentino “O Abraço Partido” e o turco “Contra a Parede”. Muuuuuuuuito bons! E pra não ficar muito pedante, indico também os estadunidenses “Sideways” e o “Closer” (que todo mundo já deve ter visto).

Aquele começo de 2005 não foi dos mais fáceis pra mim em termos de vida personal, mas foi intenso. E talvez por isso mesmo eu estava mais sensível para “degustar” todos os filmes com vontade, os bons e os ruins que eu vi então.

Continuo aceitando dicas. Como estou pondo em dia os filmes que não vi, podem me lembrar dos melhores que vocês já viram.

Abrazos!

terça-feira, 29 de abril de 2008

quero aprender alemão

O filme não é nenhum lançamento, mas não custa indicar. Aliás, indicar muito. Com três anos de atraso, eu finalmente assisti sossegado ao maravilhoso "Adeus, Lenin!". Foi um desses filmes que eu vejo logo duas vezes.

Em 1989 eu não era um menino burrinho, não. Justamente por isso, apesar de não entender exatamente o que estava se passando, eu sabia que acompanhava pelo noticiário uma momento histórico. E é esse fato, a queda do Muro de Berlim e tudo que envolve o episódio, que serve de pano de fundo para o filme alemão.

Enfim, se você gostar de história, assista. Se você gostar de um ótimo filme, assista.

Meus leitores são muito inteligentes e cult :), então na certa já assistiram e devem estar chocados de ter levado tanto tempo pra eu ver. Mas caso, caaaaaaaso, alguém aí não tenha visto, fica a sugestão. E vale sugerir ainda os também alemães e também espetaculares "Corra, Lola, Corra" (ah, vá! Esse já é clássico!) e "Edukators".

Bom. Adoro cinema. Tem muito filme pra eu ver ainda, aceito sugestões. :)
Besos pra everyone!

é muito vero

Essa eu achei no Te Dou Um Dado. Eu não conhecia, mas achei tão linda que precisei postar aqui. Do genial Woody Allen, diretor do ótimo "Match Point", entre outros clássicos do cinema:

"Coerência é o fantasma das mentes pequenas."


Fala sério, é muito lindo!

segunda-feira, 28 de abril de 2008

yessssssssss!!!!!!!

Estava eu sossegadamente assistindo "Fantástico" ontem quando me deparei com Mariana Ferrão fazendo as vezes de repórter. Glóóóóóóóória a Deus!!!! Eu lamento pelo "Jornal da Band", que vai perder muito do seu brilho, mas eu já tava estranhando a demora pra Gróbis levar a moça pra lá.

Então, fica o apelo sincero e de coração: Globo, please, pleeeeeeeeeeeease, tira a Sandra Anemblergh e põe a inteligente, simpática, linda e provida de noção da Mariana Ferrão no lugar dela. Mesmo que o Evaristo continue, põe a moça no jornal vespertino. O próprio "Jornal Hoje" merece isso, nós telespectadores do jornal merecemos um descanso daqueles risinhos redêculos da Anemblergh.

Mariana, gata, boa sorte e muito sucesso pra você. Não precisa pintar o cabelo nem cortar, hein. Não são suas madeixas que vão te fazer mais ou menos profissional, não se esqueça.

Ai, adoro ver o bom trabalho de alguém ser recompensado.

Besos pra everyone!

domingo, 27 de abril de 2008

brijo!

Abril cheio de nivers importantes! Depois do blog, hoje é dia da minha amiga cult, como diz a Mari, fazer aninhos. Hoje é dia de dar parabéns pra Tia Íris por ter colocado no mundo a gatíssima, chiquerérrima e amiga para momentos fodas e para os momentos Laka, a minha Alê.

Beeeesos, gata, amore de mi bida!!! Que o sucesso não pare de vir e que você não me abandone na primeira (?!) discordada (KKKKKKKK!!!!). E que você não me abandone never, never, neeeeeeever, hehehehe!

Besos! Besos! Besos! Os abraços eu dou pessoalmente logo, logo, se Dios quiser!

Boa semana pra Alê, pra Tia Íris, pra everyone! :P

sexta-feira, 25 de abril de 2008

hoje vai ter uma festa!

“Humberto, por que a Amy tá assim tão feliz, tão de cara boa, tão sorridente?”

Como assim por quê, querida leitora?! Hoje é um dia muito especial e por isso mesmo Amy, Gisa, Xu, Angie, Jen e até a Leiluska, lá no céu, têm muito o que comemorar!

HOJE É ANIVERSÁRIO DE 1 ANO DO HUMBERTO EXPLICA!!!

Êêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêê!!!!!

Dá pra acreditar que essa bagaça completou doze meses no ciberespaço?! Dá e dá gostoso!

Um ano atrás, lá tava eu correndo de um freela que eu tava fazendo na Tom, indo em direção àquele lugar que eu não pronuncio mais o nome. Pois foi lá no impronunciável que eu participei do workshop sobre blogs da professora Carmem Borrrrges, a simpática Carmem. A idéia era só aprender a fuçar bem na ferramenta (no Blogger, olha lá hein, leitora maldosa!) pra depois pôr na rede um blog bacana que eu tinha em mente.

Fato é que a Carmem pediu pra ter uma idéia lá na hora, eu lembrei de tooooooooooodas as minhas amigas perguntadeiras e resolvi fazer um blog só pra responder às inadiááááveis questões de todas elas. Nome do blog? “O Humberto Explica”, ora bolas!

Daí pro resto é história e todas vocês conhecem bem, graças a Deus. Desatei a responder, a viajar na maionese, a chorar minhas próprias pitangas e (várias) nabas tomadas, a falar da Gisa, da Amy, da Leila Diniz, da Jennifer Aniston com as pernas pra cima em Malibu, da Xuxa que precisa de um novo corte de cabelo urgente, a ouvir muito Killers...

Escrever aqui no blog, escolher uma imagem bacana, pôr itálico nos estrangeirismos e nas gírias, achar links que ampliem os horizontes das minhas leitoras (e alguns leitores também) tem sido só prazer pra mim. Mesmo quando tô cansado, dou sempre um jeitinho de escrever. Porque eu amo escrever. Eu amo trocar idéias. E eu amo vocês todas, hehehe! Aliás: Eu amo os coments, ninguém que se disponha a escrever faz isso sem ficar louco esperando pelo feedback. Escrevam sempre, podem “sutar o balde”, como diria uma outra aí.

Por causa do blog já conheci gente, já perdi amigos (?), já briguei tanto com algumas que a amizade só cresceu (que o diga o histórico post da Espada Justiceira, um dos mais acessados).

Enfim, um ano completo de “bróg”! Se Deus quiser, e só se ele quiser muito, hehehe, outros muitos anos ainda contarão com as explicações profuuuuuuuuuuuundas (como o pires com leitinho do gato) deste blogueiro entojado.

Besos pra tooooooodas!!!
Thank you, thank you, thank you, thank you!!!!


P.S.: E dava pra não ter P.S.?! Eu ia citar vários nomes nos agradecimentos, mas vai que eu esqueço de alguma e me capam?! Não, o Humberto explica e ainda agradece, mas prefere ficar com as bolinhas no lugar! :P

quarta-feira, 23 de abril de 2008

só Deus pra dar conta

"Sou feeeeliiizzzz, por isso estou aaaa-quiiiiii, também quero viajar nesse balããããããããuuumnnnn!..."

segunda-feira, 21 de abril de 2008

não sobra pedra sobre padre

Vocês lembram aquela história de que o falecido humorista Jorge Lafond teria se adoentado porque foi retirado do palco do "Dormindo Legal", do Gugu, a pedido do Padre Macelo Reginaldo Rossi, que não queria compartilhar de sua presença na atração? Aparentemente o clérigo achava que não ficaria bem dividir o palco com um ator transformista. Assim também foi quando chegou a vez de sentar no sofá da Hebe ao lado de Susana Alves, a Tiazinha, de máscara, mas sem ligerie – não podia!

A primeira dúvida, atrasaaaaaada no tempo, é: Se é pra ir em programetas tão chulés e de gosto tão duvidoso quanto os do Gugu e o da véia, não se deveria estar preparado para interagir com todo tipo de atração bizarra?

A segunda dúvida, também atrasaaaaaaaaaaaaada no tempo, mas sempre atual, eu acho, é: Padre, representante da palavra de Jesus Cristo, não deveria ter amor pra dar e pra perdoar todas as criaturas, indistintamente?

E a terceira dúvida, novinha em folha, é: Se esse padre descartou a gostosa da Tiazinha e a gente boa da Vera Verão porque não ficaria bem tê-los ao seu lado, por que cargas d'água ele fez questão de convidar o Belo pro seu evento hoje? Afinal de contas, envolvimento com o tráfico de drogas, que alimenta a porra da violência nesse país e mata gente a torto e à direita, é menos pior que se vestir de mulher ou rebolar de lingerie e máscara?

Eu juro que não entendo nada.


P.S.: Por falar em não entender nada, a mãe da menina Isabella estava na platéia do tal show do tal padre. Até aí necas de anormal, cada um que pague a sua penitência como lhe convir. Eu só tô citando isso pra dizer que é pavorosa a cobertura da Rede TV! sobre o caso (bom... o quê não é pavoroso na Rede TV!, não é mesmo?). Como eu estive de cama, por causa de uma intoxicação alimentar, assisti a tudo. É triste, não só a tragédia em si, como a cobertura sangüínea que começa com (aaaaaiii!!!) a Olga Malgiovanni, passa por TODOS os programas da casa e termina no "Leitura Dinâmica". Podre, podre, podre.

P.S.2: Agora, assustador mesmo, e que eu não entendo nem explico mesmo, é aquela pobrada toda que enche a boca pra dizer que andou "400 quilômetros" pra tacar pedra no pai e na madrasta da menina, os "assassiiiiiiiiiiiiééééééénos", como gostam de gritar agudamente. Daí eu me pergunto, se a pessoa condena a outra (sem julgamento) por matar alguém, por que raios ela se dá o direito de matar essa pessoa também? Como assim, é século XXI ou são resquícios da selvageria ainda? Quam vai tacar pedra pra acertar em quem taca pedra? Eu, hein, é tudo um bando de doido de pedra, literalmente...

P.S.3.: Essa massa que atira pedra é a mesma que vai no show do Padre Marcelo Reginaldo Rossi com o Belo?

sábado, 19 de abril de 2008

todo dia

Todo mundo tem 1000% de orgulho de suas origens negras ou de suas origens européias etc. Eu não tenho orgulho de nada porque eu continuo achando que essa coisa toda de orgulho, ainda mais orgulho de coisas óbvias, é uma bobagem. De todo modo, eu tenho respeito, sim. No meu caso, pelas minhas bases negras, européias, árabes e índias.

Por isso, hoje, 19 de abril, eu quero agradecer especialmente aos meus antepassados índios. Eu não estou numa fase das melhores pra família (meu SPG anda altíssimo), mas eu lembro bem da minha avó Ana, que era bem índia ainda (e dela eu sempre gostei). Enfim, alguns dos meus melhores hábitos e algumas das coisas que eu mais aprecio são bens herdados dessa parte dos meus ancestrais, dos indígenas. E pra citar um só, vá lá: OBRIGADO PELO HÁBITO DE TOMAR BANHO!

Eu amo tomar banho, eu adoro estar limpo, não importa a temperatura que esteja lá fora.

O problema do índio no Brasil é muito maior do que eu poderia dar conta neste blog. Como, aliás, ainda é o do negro também. Mas eu não dou conta dos problemas de ninguém, pois ao contrário dos meus amigos Cicrano e Tom Edison, eu não sou Deus. De todo modo, eu espero que um dia esse tipo de questão, que se fundamenta em preconceito imbecil e injustiça idiota, finalmente seja coisa do passado deste país. E, por isso, o máximo que posso fazer é agradecer a higiene herdada dos primeiros habitantes desta terra brasilis maluca.

Bom Dia do Índio. Eu vou passar o meu fazendo a parte ruim da minha herança indígena (curtindo os programas de).

Abraços.


P.S.: Eu não ligava de ter herdado os cabelos de índio, mas tudo bem. Me contento em ter herdado os poucos pêlos.

quinta-feira, 17 de abril de 2008

o saboroso gostinho de cada maçã

“Grace adormeceu na longa estrada, graças à sua habilidade de afastar para longe qualquer aborrecimento. Um Deus generoso a abençoou com o talento de olhar adiante... e somente adiante.

Quando o caminhão estava prestes a chegar ao seu destino, e ela lentamente retomou a consciência, ela não sabia por quanto tempo havia adormecido. Ela só sabia que ficaria feliz em ver a luz do dia de novo.

E aí ela ouviu o cachorro.”


Ainda me recuperando de uma intoxicação alimentar, estou de volta. Da salsicha eu sei que eu vou me livrar ainda esta semana. Resta saber quanto falta pra eu finalmente conseguir sair de Dogville.

domingo, 13 de abril de 2008

beija eu

E hoje é dia do beijo. Aff... Eu ainda não beijei. E a menos que alguém no Ouro Preto me ligue, não vou beijar.

Não preciso render muito sobre beijo, não, ? Beijo é dessas coisas que é melhor fazer do que falar. De todo modo, se serve de inspiração, eu sugiro o clipe de “I drove all night”, do Roy Orbison – Convém dar um desconto pro modelito do casal porque o ano era 1991 (e não custa lembrar, foi quando todo mundo usava calça saint-tropeito e o Jason Priestley tava podendo, mesmo com esse topete de Elvis).

Anyways, pra mim tem anos que este é um dos clipes mais inspiradores de beijo que eu conheço. Com essa mardita dessa letra, então, puta-que-o-pariu.

Ah, não, eu vou ligar pro Ouro Preto!

Mais do que nunca, BESOS pra everyone!!!


P.S.: Ah, a gatinha do clipe é a atriz Jennifer Connelly, vencedora do Oscar por “Uma Mente Brilhante”.

sábado, 12 de abril de 2008

noh, comi demais...

O dia não podia ter nascido mais bonito em TuBHcanga hoje. Apesar do calor infernal, a gente tem que tirar o chapéu pra belezura de sol com que fomos presenteados. A Manhã tá ótima e a nite com certeza será agradável, como têm sido as outras. É vero que todo mundo reclama do calorão e tal, mas é um privilégio morar num país com um clima tão bom quanto o nosso.

E já que estou falando de TuBHcanga, terra dos bares (bom... ainda), vai aí a dica: Começou ontem o Comida di Buteco, tradicional festival gastronômico aqui da roça. Hora de juntar o povo, escolher o bar, jogar muita conversa fora e saborear todo tipo de tira gosto maluco que os caras inventam. Dei uma olhada nos pratos no site oficial e confesso que dá vontade de provar quase todos. Esse aí acima é o "Os 3 mosqueteiros e as doces donzelas", do Bar 222 (sim, os nomes também são um atrativo à parte).

Eu gosto muito de comer. Eu gosto de estar reunido com meus amigos. E, nesse calorão, eu juro que até sonhei com uma Skol gelada. Então, bora lá, povo, a gente ainda tem um mês pra provar o que há de bom no festival.

Espetáculo de fim de semana pra todos, não percam tempo com namorados estressados, tratem de ser felizes!

Besos!

quinta-feira, 10 de abril de 2008

as coisas como são

Cê vê como são as coisas. Esta semana, quando eu ia dar uma aula, eu passei por uma dita cuja lá no Tupi B, bairro no feófis aqui de TuBHcanga.

Olhei pra ela meio assim, sabe quando a gente acha que conhece a pessoa? Então, passei por ela, achei que era alguma ex-aluna lá do Beira-Linha, depois pensei que pudesse ser alguma aluna de Publicidade da Puke. Larguei pra lá.

Fim das contas (e do misterio): Era a Beyoncé, menina, e precisou publicarem no Te Dou Um Dado pra eu descobrir! Merda, né?


P.S.:
- "Móço, ónde ficar o saláun mais próximo?"
(reposta urgente e com dedinho): - "To the left, to the left".

quarta-feira, 9 de abril de 2008

she's got the power

Já repararam como neguim gosta de ligar pra contar notícia ruim? Tem também um tal de ligar pra contar de gente vagaba que se deu bem. Eu detesto isso (receber essas ligações e saber de gente vagaba se dando bem).

OK, todo mundo tem direito de se dar bem (até os vagabas). Mas, sinceramente, bom mesmo é saber quando alguma coisa muito boa acontece pra alguém que merece. Semana passada eu fiquei sabendo de um caso assim. E fiquei tão feliz por esta novidade boa que resolvi postar a respeito.

Todo mundo (bom... quase todo mundo) sabe que no mercado publicitário é meio difícil mudar de área: "Começou Mídia, vai morrer Mídia", é o que a gente costuma ouvir.

Eu conheci uma tal de Helenosa de Tróia, quando ela começou como Atendimento na agência onde a gente trabalhava. Loguinho, loguinho, a gente sacou que o perfil da Heleninha era de Planejamento, mas ela não se fez de rogada: mostrou logo que como Atendimento era uma excelente profissional. E seguiu em frente, cresceu. E conseguiu o raro: Quando mudou de agência, passou a atuar como Planejamento. E, claro, logo brilhou tanto que voltou à casa que lhe criou. Esta semana.

Helena, gata, você é foda. Merece este momento bom (e todos os outros) e merece os amigos que tem. Sua garra, fióta, é o incentivo que muita gente (yo inclusive) precisa pra caminhar, com serenidade, até o lugar onde merece estar.

São novidades assim que eu quero ouvir.

Un brijo essas minhas amigas, un brijo.
Sucesso, Helena!

Besos pra everyone.

"é digno"

"É digno."

Já reparou que sempre que essa afirmação é feita ela sugere o contrário. Não é curioso? Por isso eu adoro o estudo das línguas. "Gostou do meu vestido, querido?" (resposta) "É digno." Digno do quê?

Isso me faz até lembrar daquele jornalista (???), o Peão Bobo, que costuma encerrar suas (???) matérias (???!!!) com o bordão "Dijgnidade djá!". Dignidade?

O que você achou deste post. Eu sei, "é digno".

"I just called..."

"Eu te liguei foi pra falar de mim, não foi pra falar de você, não!"

Taí uma pérola que virou bordão. A Caroline e a Alê já usam bastante, hehehe. Elas não querem realmente dizer isso, claro. Usam com ironia. Aliás, no fundo, no fundo, eu acho que até quem soltou a pérola não queria dizer isso (seria muita estupidez). Mas que se tornou, para todo o sempre, uma das pérolas mais hilárias, se tornou. Aliás, por que eu estou citando outras pessoas? Eu escrevi este post foi pra falar de mim, não foi pra falar de delas, não! KKKKKKKKKK!


Foto: ViewImage.

segunda-feira, 7 de abril de 2008

a hora de parar

Eu acho que tá passando da hora de todos os ídolos da minha infância/adolescência aposentarem. Spia a Madonna, por exemplo. Cês viram o clipe da música nova dela? Putamerda, ter que apelar pra Timbaland e, pior, pra Justin Timbaland pra se manter? Tá feia assim a coisa?

E, cá pra nós, fim de carreira por fim de carreira, o da Nelly Furtado foi mais bacaninha.

E uma última maldade (essa só vale pra quem pega ônibus, sobretudo na hora do rush): Eu não consigo ver o Timbaland sem imaginá-lo dirigindo o busão. Daí olho pro Justin e vejo de camisa azul, contando moeda na cadeira do cobrador. E agora vem a Madonna, com esse cabelo daquelas tias que ficam prensando a bolsa vagaba na cara da gente até a gente dizer “Dona, quer que leva pra senhora?” (Nesse caso seria, “Madonna, quer que leva a bolsa?”).

KKKKKKKKK! Eu confesso, era muito mais fácil eu ter dito que já cansei, né? Madonna, gata, aposenta. Justo você, que sempre lançou moda e esteve sempre à frente de Deus e o mundo, fazendo coisinha que a Nelly Furtado já fez e até já enjoou, please, aposenta. Desse jeito não vai demorar até a Som Livre lançar um CD daqueles "Perfil" com suas músicas (e, provavelmente, com uma capa bem melhor que a do seu novo CD).

sábado, 5 de abril de 2008

there he was

He doesn’t look a thing like Jesus
But he
Talks like a gentleman
Like you imagined when you
Were young

...
Pode vir.

ter um apezinho branco, de varanda...

Anda pensando no seu apêzinho? Tá perto dele? Falta tempo ainda?

Bom, se tá difícil conseguir o seu canto, ao menos tem como ajudar o Fernandinho a conseguir o dele. “Que Fernandinho, Humberto?”. Fernandex, o Fernandinho, amigão da Alê, tá concorrendo a um apartamento na promoção da MRV. Pra conseguir seu primeiro apê (Alê, apê, sacou a rima pobre?), o Fernandinho precisa de votos para o vídeo que ele produziu. Passa lá no site, assista e vote. Já que você não fez o seu videozinho mesmo, dá uma mão pro cara. Ele já prometeu um churrasco for free pra todos os votantes. Além do mais, a gente já sabe, se é amigo da Alê, é gente boa (ai, a modéstia...).

Besos pra todos, boa sorte pro Fernandinho!


P.S.: Viu como não anda metido este blog? Daqui a pouco vou abrir espaço para anunciantes. :P

ilimitado

Este blogueiro pede desculpas pela sugestão atrasadíssima, mas antes tarde do que nunca. Se você estiver em TuBHcanga, tem até amanhã para visitar a exposição do Gringo Cardia no Palácio das Artes.

Por pura falta de tempo eu só consegui visitar esta semana. Estive lá com a Alê e ficamos admirados com o talento do cara. Sobretudo, chamou nossa atenção a mente aberta do artista: entre as peças expostas, trabalhos que vão do cenário dos shows da Xuxa até a capa do CD da Maria Bethânia, passando por Chico Buarque, Leonardo, Daniela Mercury, Deborah Colker, alguns estilistas, enfim, todo tipo de gente. Sem preconceitos.

Enfim, mesmo com essa chuvinha que tá na cidade, se der, dá uma passada na exposição. Num mundo tão cheio de imbecilidades e, principalmente, numa cidade tão limitadinha, não dá pra perder a oportunidade de conhecer um trabalho de tamanha qualidade.

Bom fim de semana pra everyone.

terça-feira, 1 de abril de 2008

ni-vél

"Procure se relacionar com pessoas do seu nível. Do contrário, continuará perdendo tempo com quem não te merece e nunca dará a quem vale a pena a chance de te conhecer."

EU ouvi essa lindura hoje. E achei que a delicadíssima advertência do Dr. Virgílio valeria também pra muitas das minhas leitoras.

Besos pra everyone, hoje eu tô correndo. Ainda tô digerindo as sábias palavras que ouvi esta noite.

P.S.: A propósito, muito obrigado pelo número recorde de acessos diários ao blog. Vejo que a maratona de ontem valeu. :)
P.S.2: Isso não é uma brincadeira de 1º de abril. Aliás, nunca ouvi tanta verdade num dia da mentira. Besos.