terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

lálálá, lálálá, lálálá, lálálá

Sou só eu ou realmente ninguém mais acredita nessas notícias de álbuns que “vazam” na internet? Não existe uma estratégia de marketing menos manjada que essa, não? E neste caso, particularmente, eu já tenho uma certa preguiça da Lily Allen e aí a imprensa me vem com esse papo de “CD vaza na rede e revela tom confessional nas músicas da cantora”. Quê que essa mulher tem pra confessar? Ah, give me a break.

Amy, minha filha, chega dessas férias no Caribe, caça jeito de gravar logo um CD novo pelamordeDeus. Assim talvez a mídia especializada tenha algo de fato pra falar.
s
Bom dia everyone.
s

5 comentários:

Fernando disse...

Falando em Amy... vc viu no Papel Pop as peitcholinha dela???? interessante...rs

E já que o assunto é estratégia de marketing será que esse papo de ajudar turista tb não passa de armação??? Sei lá, ando tão cético...

Abraços!

Humbert disse...

Cara, no caso da Amy pode até ser meio marketing. Mas, sinceramente eu tenho minhas dúvidas -- a bichinha é doida demais de vera, é bem capaz de tá só na boa lá mesmo. Acho que muito é necessidade da mídia de florear os passos dela por lá.

Eu quero saber é do disco novo, hehehe.

Abração!

Fernando disse...

Vc acredita ainda em disco novo??? Ahhh, eu já esperei tanto... dizem que ela vai se apresentar no Festival do Coachela...será que eu consigo acreditar???

Humberto disse...

POis é, esse disco tá igual o terceiro filme da trilogia "Dogville". Tô quase desistindo também.

Sarah disse...

Num suporto as músicas dela, coisa mais enjoada. Mas amei a bolsinha que esla estav usando outro dia, era uma matrioska(boneca russa), luxinho!