quarta-feira, 20 de maio de 2009

bizarro, bizarro, bizarro

Há uns tempos eu vinha querendo escrever sobre aquela criancinha mala que trabalha naquele canal que eu tenho ojeriza, o SBT. Mas eu sempre achei melhor não falar nada, porque eu já tinha dito que eu tenho medo dessas crianças prodígio e porque eu tenho pelo menos uma amiga muito brilhante que adora a menininha em questão.

Na verdade, o que me incomodava nem era a menina (não tive paciência de assisti-la na TV por mais de um minuto). Meu problema era com a pressão absurda, absurda, absurda que a emissora e principalmente a imprensa marrom-bombom fazem sobre ele. A comparação ridícula com o trabalho da Xuxa – com leituras toscas dos dados do Ibope, inclusive. Em resumo, me deixava de queixo a exploração descarada e indiscriminada da pobre da menina, que só agora vai fazer 7 anos.

Pois bem, finalmente resolveram ver o óbvio. E agora todo mundo (pode me incluir aí, deixei pra escrever só agora mesmo) resolveu que é um absurdo o que fazem com Maísa (a menina, não a musa). Quero só ver no que isso vai dar.

***
s
Hoje eu tô mais pra Maysa, a cantora, que Maísa, a malinha. E como, ao contrário do que diz aquele cliché, não dá pra fazer limonada com este limão azedo aqui, termino este texto.

Besos pra everyone.


P.S.: “Mas as crianças adooooram a Maísa...”
P.S.2: Sem comentários pro "CQC" criticando o Sílvio Santos. Como se só o SBT tivesse perdido a noção com o uso da imagem da menina.
s

5 comentários:

Fernando disse...

Eu tb ficava embasbacado com a exploração que o Sílvio Santos fazia com ela no domingo, levando a garotinha no programa dele e a fazendo de otária... Hoje não sei se ele ainda faz isso. Não assisto mais TV. Agora, que dá medo dessa menina, ahhhh isso dá...

Caroline disse...

Não gosto dessa menina. Os programas do SBT são de péssimo gosto.

Li notícias que ela andou chorando no programa. Que triste e que apelação.

Abs.

Sarah disse...

Nunca assisti...só vi ium mini lance uma vez. Sei lá, dá medo dela, concordo.

cerejas disse...

pois é.. vi tudo no youtube... acho que (aliás fica melhor colocado aqui um "não é possível que") a mãe dela não tivesse percebido que tudo acabaria assim????

criança é criança... precisa ter limite... ela nunca teve dentro dos programas....

e "mimações" sempre saturam ou chegam a um ponto que ninguém mais suporta....

exploração de imagem tb né... cansa, ainda mais de alguém que sabemos que está ali por vontade de adulto e não pq tenha noção das consequencias....


pronto falei.

Humberto disse...

Assino embaixo de todos os coments. Lamentável essa situação toda.

Abrazos.