domingo, 3 de maio de 2009

déjà vu

Este é o Malvino Salvador interpretando um lutador de boxe na novela “Sete Pecados”. Na trama, ele era um machão, namorado da Nívea Stelman, que a tratava feito uma anta. No folhetim, ele tinha esse look aí. A novela acabou e ele já estava em...

...“A Favorita”. Nessa novela, Malvino Salvador era um operário, machão, que tratava a Helena Ranaldi feito lixo. Ele usava esse look aí acima. A novela nem acabou e ele já estava escalado para ser...

...O mocinho de “Caras e Bocas”. Nessa nova novela, em que ele aparece com esse look aí da foto, Malvino Salvador interpreta um pobre, machão, que trata a irmã cega feito uma incapaz.

Resumindo: Depois a porra da Globo ainda não sabe porque o ibope de suas novelas não para de cair. Tem mais de um ano que somos obrigados a ver o Malvino Salvador fazendo o mesmíssimo papel com a mesmíssima cara! Isso pra não falar de outros atores com quem acontece a mesma coisa. Será que é tão difícil assim fazer uma boa escalação? Telespectador cansa também, carái, novela é justamente pra assistir na hora de descansar.

PelamordeDeus, acho que a falta de criatividade tomou conta do mundo. Pelo menos do mundo das comunicações.

Santa Clara, rogai por nós!
s

P.S.: Nem vou citar o caso "Selton Mello no cinema".

7 comentários:

Sarah disse...

kkkkkkkkk vc é o melhor mesmo!!! Essa cara do Malvino em repeteco tá piada!

Não é de hoje que a Globo faz essas patifarias. E quando repetem os mesmos casais? Tingem a peruca do povo e acham que tá tudo bem.

E a mesma mocinha? ( Ana Paula Arósio, apesar do talento indiscutivel, teve época que cansou a beleza).

Eles também repetem os mesmos nomes de personagens (mesmo que exdrúxulos). Exemplo pior é o caso da Flávia Alessandra que viveu umas 3 ou 4 Lívias em novelas da Globo. Acho podre!

andré disse...

É por essas e outras que eu CAGO pra Globo, viu... Afff! É o fim da TV aberta...
hehehehe

Valeu pela visita ;)

Caroline disse...

Bom...como não assisto mesmo...
Mas concordo tá dificil.

Abs.

Janaína disse...

Realmente, Humberto! A falta de criatividade tá se alastrando mais e tá mais preocupante do que a gripe suína. A escalação da Globo é tão repetitiva que a gente pôde constatar isso até no "Vale a pena ver de novo" (que, aliás, não vale a pena ver de novo!), até poucos dias atrás. Me responde quem aguenta ver a Carolina Dieckman às duas da tarde e às sete da noite!? E pior: COMO PROTAGONISTA DE DUAS NOVELAS DAS DUAS DA TARDE SEGUIDAS!! Nem ela e nem a Suzana Vieira! Ninguém merece!

Débora disse...

Ele é mara amigo. Isso basta. hehehehehe

Humberto disse...

KKKK, Sarah, patifaria foi hilário. Quanto à Flávia Alessandra com as Lívias, socorro, muito mexicano pra mim. Tipo Maria do Bairro, sabe, que é Maria de mais mil coisas?

André, adorei você cagando pra Globo, ahahahah! Eu não faço nem isso pra ela mais.

Carol, amiga, vc não vê a das sete (nem eu), mas vê a tosca das oito, hehehe. Aquele Bahuan poste, rs.

Janaína, o que eu não entendo na escalação da Carolina Dieckman é botarem ela pra fazer papéis meiguinhos. Todo mundo já sabe que a menina é uma mala, não convence de mocinha mais não.

Por fim, Débs, ele é Mara e basta? Que bosta, hahahaha. Ele baba, tá? Pode reparar que ele tá sempre com cara de quem passou gloss na boca, hahahaha.

Abrazos pra todos!

Caroline disse...

Amigo,
E a falta de opção. Já terminei de ler um livro. Pelo visto vou gastar muito com livros este ano...

Abs.