terça-feira, 2 de junho de 2009

sobre livros e vacas


Duas citações, uma abaixo da outra, publicadas na revista “Época” desta semana, conforme escrito abaixo:

“Confesso que em Dourados voltei a sentir medo. O direito à propriedade é inalienável.”
Regina Duarte, atriz e criadora de gado, sobre a demarcação de terras indígenas em Mato Grosso do Sul. Em 2002, na campanha eleitoral, ela dizia ter “medo” da possível vitória de Lula.

“O formato de disquete de computador já desapareceu. Não durou 30 anos. Se tenho de deixar uma mensagem à posteridade, farei em forma de livro, e não em suporte eletrônico.”
Umberto Eco, intelectual italiano


(Não querendo julgar muito, mas) Há os seres humanos que criam gado e os que escrevem livros.
s
s

5 comentários:

Vinix disse...

Curiosamente, os que merecem nossos aplausos, são os capazes de ruminar idéias...

Humberto disse...

E tem também os que escrevem esterco. E que não merecem nossos aplausos, claro.

Sarah disse...

Não pude deixar de lembrar do mago brasileiro.

Humbert disse...

Pensei na mesma coisa, Sarah.

Luisa disse...

MEEEEEEEDO de Regina Duarte e seu vagisil.