quarta-feira, 29 de julho de 2009

bye, bye vaquinha

Os leitores mais antigos do blog talvez se lembrem do post da vaca, que eu fiz em 2007, nos primórdios do “o Humberto explica”.

Eu nunca esqueci a história da vaca. E agora, agorinha mesmo, depois de bater um papo via MSN com três amigos (separadamente), percebi que tá na hora de jogar a vaca no penhasco de novo. É outra vaca.

A vida é engraçada. É muito boa, mas é engraçada. E o perigo é mesmo se acomodar com as coisas e as pessoas, mesmo quando elas se tornam erradas, e acabar justamente deixando de viver.

Obrigado pelos conselhos, Vitor. Obrigado pela delicadeza, Vina. Obrigado por me fazer rir, Débora.

Obrigado todo mundo que lê o blog. Vocês não fazem ideia do quanto isso é bacana pra mim.

Abrazos, boa noite.
;)
s

5 comentários:

Kyara disse...

já empurrei muitas vacas e sinto que mais vacas virão, é difícil olhar para aquela carinha dela ali tão bonitinha, tão ajeitadinha, tão mimosinha e ter que empurrar, mas, sem crueldade, tenho!
grata pela reflexão.

Humberto disse...

;)

Anônimo disse...

Agora a vaca foi literalmente para o brejo!!! tomara!!

Vitor disse...

Esta parábola me fez lembrar outra, a o dos monstros. Personagens diferentes, com os mesmos destinos, e uma única mensagem : liberar geral e ser Feliz!!
Sejamos então!

Caroline disse...

Amigo,

Seu blog é ótimo!!
E manda as vacas para o brejo!!!