sexta-feira, 17 de julho de 2009

no meio do caminho tinha uma Madonna

Não é muito difícil perceber quando uma pessoa se deu bem na vida por pura sorte. E não é esse papo de “quanto mais eu me esforço mais sorte eu tenho”, não. É sorte mesmo, aquela de estar no lugar certo na hora certa.

Veja por exemplo esse Jesus Pinto da Luz. Esta semana divulgaram uma entrevista (???) que fizeram com ele pra um site de uma revista aí. Perguntado sobre como gostaria de morrer (???) ele respondeu “Dormindo, com saúde”. Hein? Eu sou muito burro mesmo ou pessoas com saúde realmente não morrem dormindo? É muita maldade da minha parte imaginar que pra realizar essa opção ele precisaria de uma ajudinha (talvez mais uma da Madonna)?

Enfim. Se o que esse cara tem não for sorte, me contem o que é.

Hasta.


P.S.: E na mesma entrevista ele cita Shakespeare como autor favorito (hahahaha, morro de sorrisos).
P.S.2: Prefiro mil vezes aquela primeira entrevista com Jesus.
s

2 comentários:

Sarah disse...

Jesus PINTO da Luz.

Luisaeadriano disse...

Olá ...adoramos essa mulher .
Gostamos muito do teu blog .
Vamos andar por aqui .
Um bom 2012 .
bjs luisaeadriano