sexta-feira, 31 de julho de 2009

will totally be killing

Confirmaram o show do The Killers!!!
São Paulo me aguarde! Depois de dois anos não me perdoando por não ter ido no show dos caras no TIM Festival, eu finalmente vou poder me jogar.

Quem der conta de mim e estiver a fim de have some fun que me acompanhe!
:P
s

Anna Clumsky

Quem lembra da Anna Clumsky, a Vada de “Meu Primeiro Amor”?

Eu tinha 14 anos, idade sentimental de 8, e era doido por ela. Nenhum interesse impróprio, doido pela personagem mesmo, era muito bonitinha. Tipo aquela cena em que ela “desmaia” e diz que é câncer de próstata, hehehe, muito boa. Do mesmo modo que dá dó na hora que morre o amiguinho dela (interpretado por um tal de Macaulay Calkin).

Depois, acho que em 1993, Anna filmou aquela sequência pavorosa do filme e aí eu nunca mais vi.

Daí dia desses, o site da Veja publicou uma seleção de fotos de artistas mirins que sumiram e ela estava entre eles. E daí, hoje, saiu uma matéria dela no O Globo, falando que a agora mulher de 28 anos voltou à carreira de atriz.

Bacana, né? Tomara que dê certo. :)

É isto, por ora.
Abrazos.


P.S.: Era muito fino o figurino (e a própria personagem) da Jamie Lee Curtis no filme, eu já adorava na época. :P
s

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Liliane Ferrarezi

Tinha tempos que eu não via nada sobre a menina bonita, que depois virou moça bonita. Dei-me conta que agora ela é uma mulher bonita mesmo.

Achei no site “We Love Models” as fotos da Liliane (Ferrarezi) num editorial de beleza da Marie Claire deste mês de julho. Nossa, ela tá muito linda.

Eu adoro a Liliane. Adoro, adoro.

Besos.
s

gribada

Quatro emails na minha caixa postal e mais um coment perguntando se eu não ia falar da gripe suína da Sandra Annenblerg. Ô gente maldosa!

Não vou falar, não senhores. Eu pego no pé da dona, mas com saúde eu não brinco. Por mais que deteste aquele sorrisinho de simpatia forçada, eu desejo sinceramente que ela se cure logo. Até porque tô sabendo que o SBT está à procura de uma apresentadora para seu principal telejornal. Enfim, Sandrinha, gata, melhora logo!


P.S.: Cultura inútil – sabiam que a Sandra Annenberg já foi capa da Nova? Sim, em abril de 1994, oito anos antes de a Fátima Bernardes conseguir a mesma façanha (vá!, grande façanha, até a Patrícia de Sabrit já conseguiu ser capa da Nova). Enfim, só pra constar. :P

P.S.2: Troféu cara-de-pau 2009 pra Patrícia Kogut, colunista de TV do jornal O Globo. Ela teve a cara de dar essa “Nota 10” hoje: "Para Renata Vasconcellos e Heraldo Pereira, no "Jornal Nacional". A dupla mostrou química e segurou muito bem a ausência de Fátima Bernardes e William Bonner".
Sim, os dois são ótimos. Mas dá só uma olhadinha no resultado da química, que rolou esta semana. Podre é apelido. s
s

quarta-feira, 29 de julho de 2009

bye, bye vaquinha

Os leitores mais antigos do blog talvez se lembrem do post da vaca, que eu fiz em 2007, nos primórdios do “o Humberto explica”.

Eu nunca esqueci a história da vaca. E agora, agorinha mesmo, depois de bater um papo via MSN com três amigos (separadamente), percebi que tá na hora de jogar a vaca no penhasco de novo. É outra vaca.

A vida é engraçada. É muito boa, mas é engraçada. E o perigo é mesmo se acomodar com as coisas e as pessoas, mesmo quando elas se tornam erradas, e acabar justamente deixando de viver.

Obrigado pelos conselhos, Vitor. Obrigado pela delicadeza, Vina. Obrigado por me fazer rir, Débora.

Obrigado todo mundo que lê o blog. Vocês não fazem ideia do quanto isso é bacana pra mim.

Abrazos, boa noite.
;)
s

terça-feira, 28 de julho de 2009

deu a Elza

E a Rosa Chá vai lançar a campanha da sua coleção Verão 2010, que tem inspiração em ninguém menos que Elza Soares. Maravilha!

E quem foi a top escolhida pra estrelar as peças? A fodona Ana Claudia Michels!

Ótemo. Eu adoro a Ana Claudia, lembro de quando eu tava fora e a via nos anúncios (Ela é top de vera. Porque, vamos combinar, tem umas donzelas que a mídia de moda adooooooora repetir que é top internacional e tal, mas é puro blábláblá, a gente nunca vê essas mulheres em lugar nenhum, que dirá numa Vogue América da vida).

Anyways, como eu dizia, adoro a Ana Claudia e essa cara de má que ela faz (apesar de ter um sorriso dos mais lindos). Agora, vamos combinar também: Coleção inspirada em Elza Soares estrelada por Ana Claudia Michels? Como assim???

Eu entendo que fugir do óbvio é sempre ótimo e bem-vindo, especialmente na moda. Mas o que há de Elza Soares nisso tudo? Só se for a provável cara da Elza no do tempo em que o Garrincha bebia (dá uma olhada nas primeiras fotos da campanha).

Enfim, parei de tentar entender o povo da moda. Tá cada vez mais difícil. E acho que eu já faço demais continuando a gostar da moda por si só.

Besos. Ana Claudia, me liga!
s

a lady do povo

Esta é pro Fernando, meu amigo do cinema: Lembra que você questionou a viabilidade de se fazer um filme sobre a Rita Cadillac? Pois não é que já fizeram, rapaz?! Hahahaha, descobri agora, olha só!

E aí, quem vai assistir ao documentário “Rita Cadillac – A Lady do Povo” pra me contar!

Hahahahaha, adoro!

Abrazos!
s

segunda-feira, 27 de julho de 2009

sexta-feira, 24 de julho de 2009

it's Friday, baby!!!

É um caso de amor antigo. Coisa de desde sempre. Literalmente. Eu tenho esses rolinhos todos, que vêm e que vão (e alguns péssimos que insistem em querer vir de novo), mas paixão, paixão mesmo, daquelas que mexem e que fazem o corpo vibrar, o coração bater, o sorriso abrir eu só tenho uma: Eu sou completamente apaixonado pela Sexta-Feira!

Eu nasci numa sexta-feira à noite, e acho que isso diz muito sobre o estado de espírito que me toma nesse dia. Acho que se eu ficasse numa ilha deserta seria capaz de apontar, sem erro, quando fosse a sexta.

Minha coisa com o dia de sexta-feira é tão interessante que ela vem desde antes de eu ter qualquer compromisso – que é o que normalmente faz com que as pessoas gostem de sexta. Sexta-feira era o dia que passava “Super Vicky” na televisão. Sexta-feira sempre foi o dia das aulas mais interessantes no colégio (por questões óbvias). Sexta era o melhor dia da natação. Sexta é quando até os mal-humorados estão com o espírito mais leve. Sexta é dia de boas notícias. Sexta-feira é noite de ir pra nite com os amigos.

Sábado bomba. Mas é só porque a Sexta-feira já preparou o caminho.

Acho que fico por aqui esta semana, povo. Abração pra todos vocês e um final de semana bem foda – começando hoje mesmo!

Hasta!

s

náááássa!!!

E diz que o The Killers vem ao Brasil em novembro!!!
Yeeeeeeeeeeeeeeeesssssssssssssssssssssss!!!!
s

P.S.: Não conhece o The Killers? Como assim, nunca nem leu aqui no blog?
P.S.2: Ouve aqui então, pra já entrar no clima da sexta-feira e pra preparar pro show!
P.S.3: Ticket4Fun? Ai, meu Deus, será que o show vai rolar mesmo?
P.S.4: Tem que rolar! Tem que rolar!

amigas finas

Spia minha amiga Débora, que saiu no caderno de cultura do grande jornal aqui da roça hoje. =)
Como diria a Naza, gostosa pra caramba!
s

carga pesada

Eu li um dia desses que a Sula Miranda contou no programa da Sônia Abrão que não aceita a homossexualidade de sua sobrinha de verdade, a Thammy Gretchen. É verdade, tem o vídeo aqui.

Cá pra nós, a “transformação” da Thammy de mocinha sexy pra sapata mais macho que metade dos meus amigos foi meio bizarra mesmo. Mas o que não é bizarro na Família Miranda?

Agora, eu cá fiquei com uma dúvida: Justa Sula Miranda foi encrespar com a pobre da menina? Afinal de contas, Sula é ou não é a rainha dos caminhoneiros?

Sempre preferi a Roberta Miranda mesmo. :P

Abrazos, bom dia!
s

relembrando..

“Na Playboy não entra mulher feia.
Não há o que se fazer com mulher feia.”
Edson Aran, diretor de redação da supracitada revista.
f
Hum... sei...
ó

quinta-feira, 23 de julho de 2009

várias músicas na cabeça

Este post era pra ontem, mas não deu tempo de publicar (na verdade, não dava hoje também, mas se eu adiar demais já era). São músicas que, sabe lá Deus porquê, eu cismei de ouvir. Elas estão na ordem mesmo que eu ouvi. Também destaquei uma ou outra coisa que talvez justificasse a vontade repentina de ouvir isso.

Não procurem uma lógica ou uma linha que ligue uma música à outra. Porque eu duvido que haja.

Escuta só. Ontem eu ouvi:

“Born to be wild” (“What the hell is wrong with freedom, man? That’s what is all about.”)
Vai, comecei até muito bem!

A segunda que ouvi eu até já indiquei aqui, mas vai de novo:
“I touch myself” (“I don’t want anybody else, I touch myself”)

Aí eu ouvi uma mais sujadinha de All Star:
“Girls and boys” (“oh, oh, oh, oh-oh, oh”)

Aí começou a descambar. Eu ouvi:
“Já sei namorar” (“Se você quer apito em jogo, eu quero é ser feliz.”)

E fechei com o clássico da MPB:
“Baba baby” (A música fala por si)

Hoje eu recuperei um pouco o bom senso e ouvi só “Freedom 90” (“All we have to see / Is that I don't belong to you / And you don't belong to me yea yea”). E tô começando a achar que há um ponto em comum nessas músicas todas... Vai entender o subconsciente.

Abrazos, hasta mañana!
s

quarta-feira, 22 de julho de 2009

I love Amy

Viram a Amy de volta a Londres? O Caribe parece ter mesmo feito bem a ela. Eu torço pra que a saúde dela continue melhorando, que ela fique bem e tudo. Adoro a Amy.

Agora... eu não quero ela drogadona e tal, mas espero que a Amy careta não seja menos iluminada que a Amy porra-loca. Porque eu nunca liguei nada pras confusões dela – o que me importou sempre foi a música. Mas, enfim, tomara que encaretar não afete o trabalho espetacular.

Se bem, né?, que tem nêgo careta que é muito pior que bêbado e noiado pra fazer doidêra. Diz que tem, na verdade. EU nunca vi. :P

Amanhã posto mais, abrazos pra everyone!
s

terça-feira, 21 de julho de 2009

é bom para o moral?

É viagem minha ou realmente, se fizessem uma cinebiografia da Rita Cadillac, Deborah Secco seria a atriz mais apropriada pra representar a eterna chacrete? Alguém mais vê semelhança?
s

segunda-feira, 20 de julho de 2009

será?

Eu não sei se foi por acaso. Se foi por descuido. Ou se foi por conta do Dia do Amigo. Por algum motivo, esta pessoa especial me mandou um email hoje. Pra mim e pra mais um monte de gente, é vero, mas mandou. Nem era sobre amizade nem nada. Mas foi um sinal de vida depois de longa data.

Melhor que isso só se essa pessoa me ligar - aí não vai ser por descuido. Vai ser pra falar comigo mesmo.

E melhor que isso só um abração apertado, como os de antigamente. Se não for querer demais.

Saudade desgramada!
s
s
P.S.: Mais um Troféu Inocência cega pra mim?
s

vergonha alheia

Já ouviu falar na expressão “vergonha alheia”? Não?
Então clique aqui.
:P
s

aos bons amigos

Hoje é Dia do Amigo! :)

Fica aqui, então, meu abraço pra todos os meus bons amigos, os de sempre e os que se tornaram bons companheiros depois do blog. Obrigado por cada ideia trocada, cada palavra sábia, muito obrigado por cada gargalhada proporcionada, pelas bobagens, por cada incentivo, pelos torras, pelas nites, por tudo.

Meu abrazo sincero pra todos!
s

o Humberto pergunta

Devo ter um Twitter? Um pessoal, um do blog, sei lá?
O que vocês acham?
s

29 aninhos da Gisa!

Hoje é niver da Gisa!
Mulé classuda até chutando o balde (digo, a bola)!

sexta-feira, 17 de julho de 2009

let the weekend come

Taí um All Star que eu ainda não tenho e quero ter: o amarelo! :P

Foto meramente ilustrativa pra desejar a todos um puta final de semana, com boas emoções, muitos amigos, farras, nites, o que for bom pra cada um. Hora de sutar o balde sem dó e tratar de ser feliz. :)

Abrazos pra todos!
s

Ana Paula Arósio

Hoje saiu uma dessas materiazinhas à toa no UOL com imagens de famosas que cresceram diante dos holofotes. Eu preciso dizer que achei tão bonitinho ver a Ana Paula Arósio novinha.

Eu sou mais novo que ela, mas já era meio revisteiro quando ela apareceu e logo na capa da Capricho (março de 1988). Linda, linda, linda. E ela logo virou um iconizinho da revista, algo que só a Piera e, um pouco, a Cláudia Zardo tinham conseguido. Basicamente, no início dos Anos 1990 Ana Paula era a cara da Capricho.

Independente disso, ela logo se tornou uma personalidade. Mesmo sendo baixinha (pros padrões de hoje, então, nanica) e tal. Ana era a cara da geração teen.

O mais bacana é que Dona Arósio modelou anos e se encontrou como atriz. E vem se tornando cada vez melhor. Ela já interpretou uma das minhas personagens favoritas, a protagonista de “A casa de bonecas”, lembram? Fora que Ana já passou por barras bem pesadas na esfera pessoal e sobreviveu a todas.

Enfim, eu gosto da Ana Paula Arósio. Melhor que vê-la bonitinha novinha é ver que se tornou uma adulta bacana. Ela é lá dos saudosos anos da minha adolescência fanática por modelos e revistas, mas ela não estancou por lá e vem sempre evoluindo. Coisa que eu tenho que eu tento fazer também.

Felicidades pra Ana Paula, felicidades pra todo mundo que passa por aqui.

Abrazos e besos!
s

no meio do caminho tinha uma Madonna

Não é muito difícil perceber quando uma pessoa se deu bem na vida por pura sorte. E não é esse papo de “quanto mais eu me esforço mais sorte eu tenho”, não. É sorte mesmo, aquela de estar no lugar certo na hora certa.

Veja por exemplo esse Jesus Pinto da Luz. Esta semana divulgaram uma entrevista (???) que fizeram com ele pra um site de uma revista aí. Perguntado sobre como gostaria de morrer (???) ele respondeu “Dormindo, com saúde”. Hein? Eu sou muito burro mesmo ou pessoas com saúde realmente não morrem dormindo? É muita maldade da minha parte imaginar que pra realizar essa opção ele precisaria de uma ajudinha (talvez mais uma da Madonna)?

Enfim. Se o que esse cara tem não for sorte, me contem o que é.

Hasta.


P.S.: E na mesma entrevista ele cita Shakespeare como autor favorito (hahahaha, morro de sorrisos).
P.S.2: Prefiro mil vezes aquela primeira entrevista com Jesus.
s

quinta-feira, 16 de julho de 2009

enquanto isso, na roça...

Antes...

Durante...

Depois.

E dantes como para todo o sempre...

"Ó Minas Gerais, é Minas Gerais..." (ou, pra sacanear e lembrando outro desses mineiros clichés, "coração de estudiaaaaantes"... hehehe!)


P.S.: Luisa, perdoname, prometo que não faço mais isso!
P.S.2: Vai, uma musiquinha pra alegrar todo mundo. :P
s

quarta-feira, 15 de julho de 2009

a edição de setembro (e a de agosto)

Eu ando numa espécie de crise criativa e meio sem saber sobre o que escrever aqui no blog. Às vezes eu vejo uns posts antigos, inspiraaados. Ultimamente é só All Star e pé na bunda, rs. Eu sei que estou devendo um post (a esta altura até meio ultrapassado) sobre o não-diploma de jornalismo, mas não queria escrever bobagem – eu prometo que escrevo na hora que o santo baixar pra falar desse assunto.

De todo modo há algo, e até um pouco relacionado ao jornalismo que eu mais gosto (o de revista), que eu quero falar aqui hoje. Rapidamente. É sobre o filme “The Spetember Issue”, que vai mostrar o dia a dia de Anna Wintour e a redação da Vogue US. Eu preciso dizer o quanto eu tô ansioso pra ver isso? Eu adoro a Anna, adoro a Vogue, amo revistas, amo cinema. Junta tudo numa coisa só e eu piro de vez.

Por falar em Vogue, e pra fechar o post, viram a capa de agosto, com a Christy Turlington? A capa em si achei meio bagunçada, informação demais e tal. Mas a Christy Turlington tá um espetáculo, como sempre.

Bom, é isto por ora, povo.
Abrazos e besos.


P.S.: Ms. Wintour não é a cara da Dragãozinha do Shrek?
s

segunda-feira, 13 de julho de 2009

OK, de quem foi a ideia?

Verdadeira heresia editorial, icônica, mitológica e de noção a capa deste mês da Playboy. Na falta de quem aceitasse posar pra revista, chamaram pela enésima vez em menos de um ano a mesma Mulher Melancia de sempre. Até aí whatever, se bundão photoshopado vende, bora fazer mais uma edição com a senhorita. Foda, realmente muito foda, foi inventarem de fazer a capa imitando o super clássico poster da edição estadunidense com Marilyn Monroe. Ms. Norma Jean Baker deve ter sentido uma coisa lá no além.

Nova, por favor, se resolverem colocar a Mulher Melancia na capa, não “se inspira” em nenhum clássico não, please? Porque se isso acontecer eu encerro de vez esse negócio de revista na minha vida.

:(s


P.S.: Ó, e quer saber?, pra mim ela ficou a cara da Mara Maravilha! :P
P.S.2: E eis o dono da ideia.
d

o verdadeiro bicho papão

E o pai do Michael Jackson quer lançar os três netos em carreira artística em 2010. Isso mesmo, o pai do homem, aquele mesmo. E os netos são aqueles três que até ontem só apareciam de véu na cabeça. Fino esse seu Joe Jackson, não? Sei lá, talvez seja só um avô com uma boa causa.

É... como diria minha amiga Polly, creeeeeeemDeuspai!
s

domingo, 12 de julho de 2009

então, um abraço

Oi povo! Nada, nada pra dizer, queria mesmo era só dar um alô. :)
Boa semana pra todo mundo.

P.S.: Vai aí uma “música na cabeça” da semana pra não dizer que eu não disse nada. Ela já esteve por aqui e foi o Fernando que me apresentou. Já estou cantando de cor de tanto que ouvi nos últimos quatro dias. Anyways. Abrazos pra todos!
s

terça-feira, 7 de julho de 2009

as maravilhas dos Anos 2000

Na semana passada os posts andaram meio nostálgicos. E eu também vivo descendo o cacete nos Anos 2000. Mas, cá pra nós, todos sabemos que qualquer época tem suas coisas ótimas e as ruins. Eu continuo achando que os Anos 2000, até agora, são meio escrotinhos. Mas... É CLARO que há coisas nele que eu amo. Coisas que eu nem acredito que não tinha antes. Coisas que eu vou lembrar sempre.

Pra falar bem da primeira década dos Anos 2000, tentei lembrar de tudo que eu adoro nela. Como tô fazendo este post correndo não vou lembrar de tudo. Daí pedi uma ajudinha pros universitários. Bom, vamos lá.


Pequenas Maravilhas da Primeira Década dos Anos 2000:

Blogs (pra escrever, pra ler, pra tudo)
Todo tipo de Download, torrents etc
Mp3, Mp4, Mpn
iPhone
Franz Ferdinand
Nintendo Wii
Câmera Digital
Scarlett Johansson
Caixa de email sem limite
Pen Drive
Marilda e tudo em “A Grande Família”.
Youtube
Motor flex
Minhas sobrinhas (mais a Natane, também minha sobrinha, mas essa nasceu, adivinhem!, em 1989).
George Foreman Grill
Bluetooth
Notebooks
Nazaré! (de "Senhora do Destino", 2004)
(não que eu ame, mas que se tivesse na minha adolescência seria a melhor coisa do mundo): Orkat, Facebook etc
TV HD
Gisele Bündchen
Fartura de revista masculina
Amy Winehouse
Michelle Obama e Família
Confessions on a Dance Floor
A Bebel, da Camila Pitanga
, em “Paraíso Tropical” (2007).
O Coringa de Heath Ledger
Daniella Cicarelli
Marcelo Adnet
O Fabuloso Destino de Amélie Poulain
E o melhor de tudo, GOOGLE!!!!!!!!


E pra você, caro leitor, o que há de bom nessa nossa época maluca? Diz aí.

Abrazos pra todo mundo!


P.S.: Pra não dizer que eu tenho saudade de tudo, não sinto menor falta (e tenho até vergonha de dizer que usei) da folha de papel ao maço. Era um verdadeiro cu (não há outra palavra, sorry) fazer trabalho naquilo. E quando errava no final e tinha que reescrever? Quem merecia aquilo?! Toda tecnologia é pouca como recompensa pra quem precisou usar isso na época da escola.
P.S.2: Mais tosco ainda eram as provas rodadas no stencil, alguém lembra daquilo? KKKKKKK, acho que davam barato, a gente cheirava aquilo antes de começar a prova, KKKKKK! Podre, podre!
d

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Till, tio, tiu, chill

Um mesmo som, em quatro palavras diferentes, resume meu memorável final de semana:

Tio – Finalmente conheci minhas duas sobrinhas. Muito, muito bom ter parentes criancinhas depois que você é adulto. Sensação nova pra mim, que até então tinha que me contentar com meus sobrinhos de quatro patas (que, aliás, ficaram morrendo de ciúmes, tadinhos).

Tiu – Meus sobrinhos caninos de quatro patas ficaram enciumados com as novas estrelinhas da famiglia, mas fizeram sucesso com elas. Meu pai tratou logo de apresentar os “tiu” pras meninas. E elas, entre maravilhadas, espantadas, amendrontadas e se lixando, vão fazendo amizade com eles.

Chill – Foi numa atmosfera gélida e farta de ventos na Praça do Papa que eu reencontrei minhas amigas Helena e Alê, depois de uma data sem ver as duas. Nos reunimos lá para assistir...

Till (A Saga de um Herói Torto) – A nova peça do Grupo Galpão é literalmente um espetáculo. Valeu passar frio pra ver. Tudo perfeito! Eu, que adoro descer a lenha em TuBHcanga, tenho que tirar o chapéu pra essa maravilhosa cia. de teatro daqui. Se a peça passar (vai passar) pela cidade onde você mora, não deixe de ver mesmo.

Pra fechar o “findi”, ainda encontrei quem eu queria. Tudo muito bom.

Besos pra everyone, boa semana pra todos nós!
s
P.S.: Helena foi de All Star vermelho, em minha homenagem. Até o All Star dela é fino.

sexta-feira, 3 de julho de 2009

boa notícia :)

Lembram da minha amiga que, segundo ela mesma, “viu a vó pela greta”? Graças a Deus, ela já está super bem. E sua bebezinha também está melhorando a cada dia, embora continue no hospital.

Esclarecendo o que houve, minha querida amiga Andréa, peça rara que só ela, foi pega de surpresa e teve seu bebê no sétimo mês da gestação. Daí vocês podem imaginar as complicações e o susto geral.

O bom é que agora elas já estão melhores. A Andréa agradece o pensamento positivo que todo mundo fez aqui por ela. E eu também agradeço.

Abrazos pra todos!
s

quarta-feira, 1 de julho de 2009

hey, ho!

Qual a coisa mais rock n’ roll que você já fez na vida?

Quem der a melhor resposta a essa questão ganha um par do modelo Star Player do All Star! Infelizmente, esta não é uma promoção aqui do blog, mas da própria Converse. Clique aqui pra saber mais, participar e rir horrores das respostas idiotas que já mandaram.

Eu acho que só pela publicidade que eu faço aqui no blog eu já merecia ganhar. E apesar de ser Zé, eu também já passei por umas coisas bem rock n’ roll, hehehe, só Dios sabe.

Vou ver o que eu lembro e vou mandar. E você aí, qual a coisa mais rocker que você já fez?

Hasta!

P.S.: Uai, fui procurar as imagens no Google e me dei conta de que o modelo Star Player é o mesmo do último que eu comprei. Hahaha, whatever pra promoção!
P.S.2: Roqueiro que fala uai é foda, I know. Whaitever! :P
d