segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Zilda Arns

Eu fiquei bem chateado quando soube da morte da Zilda Arns. E, claro, quando soube do que se passou no Haiti. Tudo muito triste. E pelo que diz o noticiário, tudo cada vez mais triste por lá.

Não sobra muito o que dizer, não.
Infelizmente.
s

4 comentários:

R. Paschoal disse...

O planeta já começa a mostrar que também tem seus sistemas de defesa. A natureza sempre ganha...

( Não estou dizendo que essas milhares de pessoas tenham merecido morrer, muito pelo contrário. Só acho que a humanidade não está no topo de nada, e pode sumir da existência num estalar de dedos. )

Sarah disse...

Pois é, um tsunami aqui, um terremoto ali. Pode reparar, as maiores desgraceras são sempre em países já muito sofridos.
O que aconteceu no Haiti é de uma tristeza imensa mesmo, coisa pavorosa, mais pavorosa ainda o que estão passando, coisas que a gente não consegue nem sequer imaginar.
Negócio e num reclamar de nada não, a gente é muito feliz! De tempos em tempos algo nos vem lembrar disso.
Essa Zilda Arns aí era o bicho né? Espírito missionário, classe A.

Luciana disse...

Nossa...eu chorei ate..

Caroline disse...

Triste demais!!! O pior são as pessoas que se sensibilizaram em adotar as crianças, mas tudo é sempre tão complicado.

Abs.