quarta-feira, 10 de março de 2010

saint-tropeito

Deus do céu sabe o calor que tá fazendo aqui em TuBHcanga. Daqueles de fazer você ficar até meio irritado sem motivo aparente.

Aparente.

Se não tinha razão até há pouco, depois que eu resolvi almoçar assistindo o “Jornal Hoje” já posso alegar que há motivo pra irritação. E nem foi a Sandra Anemblargh dessa vez.

O motivo foi uma matéria, feita aqui em TuBHcanga mesmo, sobre uma coisa que o povinho da moda vem há aaaaanos tentando enfiar perna acima nas mulheres brasileiras: a cintura alta.

Dai-me saco. Tudo bem que queiram dar um tempo na calça de cintura baixa, mas não adianta vir com esse papo de cintura alta. Brasileira é mais cheínha, é mignon e, ao contrário do que os intelectualóides da moda sonham, não é burra o bastante pra usar uma coisa que vai deixá-la parecendo um botijão de gás só porque um bando de porra-loca resolveu que a moda agora é usar cintura alta. Aliás, resolveu não, porque esse povo não decide nada, só copia do que vem de fora – Pras gringas tudo bem usar cintura alta, vai legal com o corpo delas. Mas pra brasileira, tem dó né?

Eu me pergunto também onde entra o jornalismo nesta história. Tudo bem que o “Jornal Hoje” é mais light (pra não dizer imbecil), mas ainda é assim jornalismo e é mais geral que o jornalismo de moda específico. Por que, então, não aproveitam para questionar por que a indústria insiste em produzir peças que não têm nada a ver com a consumidora brasileira? Por que não questionam a insistência em “coleções inverno” quando a gente sabe bem o que é o tal inverno brasileiro?

Mas, não, as mocinhas da matéria seguem em frente:

“Já calça de cintura alta é mais indicada para quem é magra. A mulher também não pode ter quadril largo e nem coxas grossas. ‘O que acontece é que quando a calça é muito justa, para as pessoas mais gordinhas, elas marcam muito a as pernas e marcam muito a cintura’.”

Como assim, a mulher não pode ter quadril largo nem coxas grossas? Hello, it’s Brazil, modafocas!!

Em vários trechos da matéria, repete-se que a roupa (a moda) é pra magra e que se a mulher tiver quadril largo e coxão tem que se virar pra usar – porque tem que usar, nem que seja pra ser tachada de baranga.

Depois do fim da matéria, quando vem aqueles comentários deliciosos e super jornalísticos da Sandra Anemblargh, ela ainda deu mais uma dica pras mulheres com corpo mais volumoso e comentou, simpática que só ela!, que a dica então vale pra maioria das brasileiras. Ora, se a maioria das brasileiras tem o corpo volumoso, por que fazer uma matéria dando como regra algo que só funciona para a minoria? Afinal, quem pauta essa porra de jornal?

Enfim, esse é o tipo de coisa que só faz esse calor tuBHcanguense parecer ainda mais infernal.

Ai, esse friozinho de quase outono... arregaça com meu bom humor.

É isso aí brasileira, agora você já pode ficar fashion,
assim que nem a Jéssica Simpson!
s

5 comentários:

xicoarantez disse...

APENAS 1 COMENTARIO: VC TA CERTISSIMO! EH POVO 100 NOÇÃO!

Mol!nsky disse...

Modafocas!

Caroline disse...

Amigo,
Concordo com você, mas as mulheres que podem devem usar. Eu acho que fica tão bonito.

Abs.

R. Paschoal disse...

Outro dia eu vi uma menina usando isso e fiquei com pena... rs

Sarah disse...

Bom, tudo depende, é terrível também entrar numa loja achando que vai encontrar calça jeans normal e só encontrar aquelas porcarias com 2 centímetro de zíper. Isso é pra quem tá afim de pagar cofrinho.