quarta-feira, 17 de março de 2010

uma coragem que mulher costuma ter mais que homem

Olha, eu não assisto essa reprise de "Por Amor", do Manoel Carlos, mas confesso que de vez em quando eu paro no canal pra dar uma espiada. É aquela coisa, né?, nem que seja pra meter o pau e tal é bom dar uma bicada.

Enfim, ontem eu vi a tal cena em que a Helena (Taís Araújo) se separa do Marcos (José Múmia Mayer). Sinceramente, me deu uma leve vontadezinha de ter assistido mais. Eu já vinha bicando e já tava com uma birra desse homem (o personagem mesmo). Já tinha visto uma briga dele com ela, por causa de ela retomar a carreira de modelo.

Enfim, achei que foi bem forte, bem digna. E me peguei aliviado pra Helena da vez, pode? Só de se livrar de um véio carrancudo metido a garanhão ela já mereceu meus parabéns.

Na verdade, acho que valeu mesmo foi pelo exemplo. Todo mundo tem que se dar valor. Ninguém vive sozinho, é fato, ninguém precisa desistir das pessoas como se elas fossem descartáveis, mas ninguém precisa também ficar insistindo em estar com alguém apenas por estar, principalmente se essa pessoa te faz mal.

Enfim. Achei digno.

Abrazos.
s

8 comentários:

Claudinha disse...

Engraçado né... ontem estava comentando isso com minha Mâe que é noveleira de carteirinha.

Eu concordo com você plenamente!!

O romper é decisão dura demais (diga-se de passagem e por experiência própria) mas vale a pena. O que não podemos jamais é desistir de viver, estar comodamente na zona de conforto e insistir, como você bem diz, em uma relação que já está condenada ao fracasso.

Enfim... só funciona se os "dois" estão juntos para o que der e vier!!

Besos cariño!!

Caroline disse...

Amigo,

As mulheres são assim amigo. Quando decidem uma coisa, são mais honestas e justas consigo mesmas.

Também gostei muito da cena.

Abs.

xicoarantez disse...

NOVELEIRO EINH??? FALAR NADA!

Polly Sapori disse...

Arrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrasa, Humbert!
Adorei tudo o que você disse, bem meu pensamento, a minha cara.

Há de insistir, mas no amor que vale a pena. Isto é viver a vida...pelo menos, é assim que devia ser.

Adorei.

Polly

Humberto disse...

Cláudia, minha amiga fina, acho que é isso aí mesmo, relação tem que ser a dois. Tem de ser duas pessoas compromissadas com a felicidade das duas. Se uma so fica na batalha é hora de pensar e criar coragem, ne?

Carol, as mulheres qdo decidem fazem mesmo. O problema é o período até o quando decidem. E cá pra nós, tem umas que voltam atrás mesmo depois da decisão né? Hahahaha.

Xico, já fui noveleiro, hj tá difícil. Mas eu conheço gente que assiste "Roletrando" e "Topetudo por dinheiro", sabe?

Polly, gata, adorei o coment. Pra mim é uma honra escrever alguma coisa a la CremDeusPai. :)

Abraços a todos! Thansks pelos coments!

Caroline disse...

É amigo. Nem fala. Na próxima encarnação quero vir homem....

Abs.

Luciana disse...

Antes só tomando uma breja com pessoas amigas que amamos..do que acompanhada e engolindo sapo um atras do outro...Besitos Lú

Humberto disse...

Galera, só pra constar, esse foi o post mais lido num só dia em toda a História do blog. :)

Thanks a lot!