terça-feira, 29 de junho de 2010

a mídia brasileira é desmemoriada ou é mal intencionada mesmo?

Gente que tem memória de elefante sofre: costuma parecer mais velho nas conversas, tem que ficar provando as coisas, chega a passar por doido ou mentiroso. No mínimo, acaba sempre ficando de cara com a falta de memória (ou a cara de pau mesmo) dos outros.

Nas últimas semanas houve todo um estardalhaço na internet porque as cantoras evangélicas Aline Barros e Fernanda Brum iam se apresentar no "Domingão do Faustão". Segundo todos os veículos, seria um momento histórico porque seria a primeira vez que cantoras gospel iriam se aprensentar em um programa de auditório na Globo.

Como assim, primeira vez, esse povo pirou? Alguém mais tem memória de elefante aí pra acudir?

Eu tinha a cara lisa* quando a Aline Barros esteve a primeira vez no programa da Xuxa. E digo primeira porque depois ela voltou um milhão de vezes!

Francamente, eu não entendo muito a quem interessa esse tipo de alarde falso. Sem contar o texto de abertura do senhor Fausto Silva pra anunciar as cantoras: "Este programa que já apresentou o padre Antônio Maria, o padre Marcelo, o padre Fábio de Melo, recebeu sinal verde para combater qualquer tipo de preconceito." Uai, se é pra combater preconceito, não precisava sinal verde e nem precisava ressaltar a diferença entre padres e evangélicos que cantam – era só chamar pelo nome das cantoras e pronto, né não?

Eu fico pensando, se pra uma simples apresentação de cantoras religiosas precisou ocultar uma verdade (e muita gente comprou sem pestanejar), o que esperar da cobertura das eleições então? (Mas eu já vou avisando: eu não esqueci o apagão de 2001, não).

Enfim, gente sem memória sofre. Pelo menos hoje em dia tem o Youtube que não nos deixa passar por contador de caso.


P.S.: Uma crítica comum a cantores evangélicos é que eles só estão interessados em dinheiro. Sinceramente, quem não está interessado em dinheiro neste mundo? E quem canta só por amor à música? Só se for a Flor, que se alimenta de luz, porque de resto, todo mundo tem que ter algum pra pagar o que come, né? De cantoras gospel a padres com olhar 43, todo mundo merece receber pelo seu trabalho.
P.S.2: OK, eu não sou exatamente barbado agora, mas eu não sou mais o mesmo imberbe de 15 anos atrás, tá?
s

3 comentários:

Janaína disse...

É, Humberto... acho que são as duas coisas: a mídia, além de desmemoriada, é mal intencionada. É a Gróbis no domingo, com seus programas incríveis, seus apresentadores maravilhosos e suas novidades inéditas... rs
Isso não é nem dureza não, meu caro. É PEDREIRA!

Sarah disse...

Tá!

Tá que eu morri de rir kkkkk.
Tudo bem,como sempre mandou bem no post. Eu, odeio Faustão(vc sabe), música "vangélica", os vangélicos meus vizinhos que berram madrugadas a fio em vigília e nunca ouvi falar de Aline Barros.

Eu assistia o Xou da Xuxa, lembro do Cyd Guerreiro, vale? ( podre rs)
Aliás, a Globo não está nem aí porque sabe que o povo é desmemoriado.

Sobre o apagão de 2001 também não esqueci não, foi foda, tava na porta da minha balada semanal predileta pronta pra causar e não deu pra ninguém entrar.

Agora, se a Flor ainda se alimenta de luz, é melhor ela mudar a dieta porque deve ser luz proveniente de cristais de açúcar demerara.

o Humberto disse...

KKKKKKKKK, Cyd Guerrero, KKKKKKK!!! Eu já lembrei da Kátia Cega, agora só falta a gente lembrar da Banda Reflexus!

Sarah, ri demais dos cristais de açúcar. Aliás, ri de tudo!

E jana, é isso aí mesmo, Globo e suas "novidades inéditas". Osso.

beijo lindonas!