quarta-feira, 13 de outubro de 2010

papo na madruga

- O mineiro saiu.
- Saiu??? Graaaças a Deus, louvado seja Senhor! Quanto?
-Quanto o quê?
- Quanto dinheiro?
- Dinheiro? Que dinheiro??

- Uai, cê não falou que saiu o dinheiro?
- Saiu o MI-NEI-RO.
- Ahnnn...
s
s

Mais um desses diálogos insólitos que só acontecem aqui em casa. Eu, à 00h30m de hoje, contando sobre a saída do mineiro chileno do buraco pra minha mãe, que tinha ido à cozinha tomar uma aguinha no meio do sono (mas pelo visto ainda tava no mundo dos sonhos quando eu comecei a falar, hehehe...).
d
A vida sabe ser divertida, fala a verdade. É pra rir ou não?
s
s
P.S.: Verdade seja dita, Dona Mãe ficou felicíssima e bastante aliviada também quando ela entendeu que eu tava falando era dos caras lá no Chile.
s

5 comentários:

Caroline disse...

Ai que legal rsrsrs...
Também estou muito feliz esperando a notícia do último mineiro a ser retirado daquele buraco.

Abs,

Tainá disse...

http://twitter.com/tatytwitt/favorites

favoritei por sua causa hahaha

o Humberto disse...

Uai, kd o coment da laranja debaixo da cama? rs... tinha rido tanto...

Tainá, adorei vc lembrar de mim por causa da música. Minha mãe até já decorou e a gente riu de passar mal lembrando de um caso aqui e concluindo que pobreza pega mesmo, hehehe. Eu não sabia que vc tinha Twitter! Adorei.

Carol, cê tinha que ter visto a cena com minha mãe, ri demais.

besos pras duas!

Sarah disse...

vontade de nem sei quando a gente comenta e dá erro..preciosa ver minha cara...

Janaína disse...

KKKKKKKKKK
Adoro essas associações livres que a gente tem quando não está em plena posse da nossa sã consciência!
Deve ter sido uma cena hilária, Humberto!