terça-feira, 12 de outubro de 2010

vida nova no fundo do mar

Dos vários episódios e cenas clássicas de "Os Simpsons", tem uma que eu acho perfeita. Ela ilustra bem como alguns adultos lidam com situações problemáticas, quando têm que tomar decisões para encontrar uma solução. Diante do problema Hommer não hesita: foge pro fundo do mar!
s
Só varia o destino, mas o que eu conheço de gente que na hora do "vamo-ver" prefere fugir a enfrentar a realidade, ôh!
s
É osso.
s

3 comentários:

Anônimo disse...

axei páia!

Janaína disse...

Ah, nem fala, Humberto! Também tenho observado a quantidade de gente que me cerca, que sofre de Complexo de Titanic. Affffffff....
Sou mais a filosofia de Marcelo D2, sabe: "De que lado você samba? Você samba de que lado? Na hora que o couro come, é melhor tá preparado."
Pelo menos assim, a gente fica mais seletivo e consciente de que não precisa (e nem pode) contar com quase ninguém, além de nós mesmos.

Sarah disse...

Pro fundo do mar eu num fujo nem fudendo, tenho mais medo do mar que dos meus problemas!