sábado, 13 de novembro de 2010

boys do cry

Não se deixem levar pela imagem chorona, este não é um post pra baixo. É sentimentalóide, mas não do tipo triste.
s
Basicamente a imagem de Joel, interpretado por Jim Carrey em "Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças", está aí pra lembrar de obras "cool" onde os homens é que são os apaixonados. Tudo isso porque eu gostei muito da versão que o Weezer fez pra "Unbreak my Heart", da Toni Braxton, e porque lembrei da espetacular versão do Cake pra "I Will Survive", da Gloria Gaynor".
s
Enfim, só isso aí mesmo, rs. Hoje é sábado de feriadão, então foi só pra passar por aqui.
s
Beijo pra todo mundo!
s
s]
P.S.: Não posso deixar de mencionar que no clipe do Cake tem vários animaizinhos de vidro, que me fazem pensar em alguma relação com a peça "Zoológico de Vidro", minha favorita. É muita mensagem subliminar, mas hoje, dez anos depois de tê-lo visto pela primeira vez, é que vejo que faz muito sentido. Adoro o Cake.
P.S.2: Falando em sentimentos masculinos, posso confessar que eu acompanho o Campeonato Brasileiro de futebol? Dá pra acreditar? :P
P.S.3: Cês lembram do Weezer, né?
Ss

4 comentários:

railer disse...

belas versões! gostei de conhecê-las!

Fernanda disse...

sua sensibilidade vai além do meu conhecimento...Cada dia aprendo mais nesse seu blog.Te adoro!!!

Janaína disse...

Amo as duas músicas. Amei as duas versões. E amo acompanhar o Campeonato Brassileiro também...rs

o Humberto disse...

Ai Fefa, só rindo... Eu não sou sensível não, sou um cavalo, hehehe. Um bronco. Antes de ontem eu vi esse filme de novo, tava precisando. É bom ver de vez em sempre, apesar de ser muito doido. Ah, e que legal que vc aprende alguma coisa aqui no blog. Eu tb aprendo bastante! ;)

Railer, adoro versões (menos as da Sandy Jr., claro). Pode indicar algumas quando puder que eu adoro. :D

E Janaína, o foda é que eu suspeito que vc não torce pro mesmo time que eu, mas enfim, já me sinto menos E.T., hehehehe.