quinta-feira, 4 de novembro de 2010

raise your glass for Pink!

Este post vinha sendo adiado há tempos, mas foi bom ter dado um tempo. Era um desses assuntos que podiam esperar, então foi ficando, ficando... enfim, o assunto é a Pink.
d
Não conhece a Pink? É essa moça aí acima. O que há de interessante a respeito da Pink é que ela podia ser só mais uma dentre mil cantorazinhas pop e tal. O que a diferencia nem é o estilo "roqueira" e "palhaçona" dela (que, pra ser sincero, acho até meio fake) -- o que faz Pink ser (muito) melhor que as Britney Spears da vida é que a Pink canta. Canta pra caralho. E mais ainda: as letras são muito boas!
d
Eu gostei dela desde o primeiro sucesso que eu ouvi, "Don't let me get me", em 2002. De lá pra cá foi um festival de outras músicas que eu adorei (sem contar a participação dela em "Lady Marmalade"): "Who knew", "U+Ur Hand", "So what"... vale muito a pena, por exemplo, ver a apresentação dela no VMA de 2009, cantando "Sober" (além da música ser linda, a performance é literalmente um espetáculo).
s
Recentemente, a Pink lançou uma coletânea, e pelo menos uma inédita, "Raise your glass", está incluída. O clipe dessa música saiu esta semana, e justamente por isso valeu ter adiado o post. Sugiro MUITO que assistam o clipe (e a música é perfeita pro final de semana que tá começando)
s
Tem quem deteste a Pink, mas não tem quem negue o vozeirão. Eu adoro. E achei que merecia post.
s
Por ora é isso, pessoal, o melhor fim de semana pra todos nós!
s
s
P.S.: Pra quem já assistiu "Queer as Folk", fica a pergunta: Ela não é a cara do Justin?
s

6 comentários:

Anônimo disse...

kkkk.. pink justin da silva... amo!!

Mr. TV disse...

Velho, blog incrível...

abraços...
mr. tv

www.bandeirada-bandeirada.blogspot.com

Janaína disse...

Acho a Pink muito legal. Realmentge ergo a minha taça por ela. Já teve uma vida muuuuito ruim, de muita pedreira, até chegar onde está. E esse clipe dela é um tapa na cara dos padrões sociais, das demagogias e dos perfis prontinhos que existem por aí e que são considerados como os corretos. Detalhe: o Youtube é tão demagogo que já tirou o vídeo oficial do ar. Afinal, não se pode mencionar nada sobre sexo, racismo, religião e outros temas mais "espinhosos" na rede, né? Ainda mais com uma pitada contraventora e nada dosada de crítica, ironia e acidez. Pra ver a versão original, ou é aqui, ou no site oficial da Pink. E por enquanto...rs

o Humberto disse...

Jana,bem que eu estranhei que não tinha no Youtube, só não sabia que era pór isso.

Mr.TV, legal que gostou do blog, volte sempre! :D

Anônimo, tem visto "Queer"? Nunca mais vi...

Abraços aos três!
;)

Sarah disse...

Cara, eu curto a Pink, viuma entrevista com ela cera vez, bem bacana, ela falando quando começou, que achava que não teria chance nenhuma em surgir como "concorrente" no meio das outras cantoras se ela focasse sua carreira na aparência.Eu acho ela tão bonita, ela que se enfeia com esse style.

railer disse...

gosta das músicas e letras dela também.

quanto ao justin, cara, parece mesmo. nunca tinha me ligado. hehe