quarta-feira, 30 de junho de 2010

aff...

Até quando eu vou ter que ler "encarar de frente"? Esse é um erro particularmente insuportável quando vem de gente metida a último biscoito do pacote da intelectualidade brasileira, especialmente aqueles que adoram criticar o português (ou seja lá que língua for) falado pelo Sr. Presidente da República.

Barbara Gancia, faça-me o favor, né?...
s

revistério

Folheando revistas, num sebo, encontro uma Nova das antigas. O ano de publicação é 1982. Xuxa, apenas a top model mais famosa do Brasil na época, está maravilhosa, num vestido lilás esvoaçante. Eu namoro aquela edição, todo cheio de admiração.
d
O jornaleiro então sorri e me pergunta: "E aí, Humberto, vai levar essa?". E eu calmamente respondo: "Vou não. Porque a Xuxa não foi capa da Nova em 1982, então isso aqui é só eu sonhando. Já vou acordar."s
s
s
Hehehe, é bizarro, mas esse é um sonho muito recorrente que eu tenho. Eu já fico com raiva no próprio sonho, porque não vou ter o exemplar. Variam as modelos, variam os anos, mas é sempre a mesma história, eu babando com a revista e dizendo pro moço da banca que eu já sei que é sonho, então ele nem precisa me perguntar se eu vou comprar.
d
Em breve vou fazer uma semana de posts só sobre minha relação com as revistas. Coisa de nerd, mas pelo menos a Sarah eu sei que vai gostar, rs.
s
Besos pra todos, bom dia.
:)
d
d
P.S.: Infelizmente, não sei quem tá nessa capa aí não, mas sei que é de dezembro de 1980. E é de verdade, hehehe.
d
Update em 01/07: Eu já tinha mencionado um sonho desses aqui no blog, só me dei conta agora. Pelo menos isso prova que é mesmo um sonho (tosco) recorrente, rs.
:P
s

terça-feira, 29 de junho de 2010

a mídia brasileira é desmemoriada ou é mal intencionada mesmo?

Gente que tem memória de elefante sofre: costuma parecer mais velho nas conversas, tem que ficar provando as coisas, chega a passar por doido ou mentiroso. No mínimo, acaba sempre ficando de cara com a falta de memória (ou a cara de pau mesmo) dos outros.

Nas últimas semanas houve todo um estardalhaço na internet porque as cantoras evangélicas Aline Barros e Fernanda Brum iam se apresentar no "Domingão do Faustão". Segundo todos os veículos, seria um momento histórico porque seria a primeira vez que cantoras gospel iriam se aprensentar em um programa de auditório na Globo.

Como assim, primeira vez, esse povo pirou? Alguém mais tem memória de elefante aí pra acudir?

Eu tinha a cara lisa* quando a Aline Barros esteve a primeira vez no programa da Xuxa. E digo primeira porque depois ela voltou um milhão de vezes!

Francamente, eu não entendo muito a quem interessa esse tipo de alarde falso. Sem contar o texto de abertura do senhor Fausto Silva pra anunciar as cantoras: "Este programa que já apresentou o padre Antônio Maria, o padre Marcelo, o padre Fábio de Melo, recebeu sinal verde para combater qualquer tipo de preconceito." Uai, se é pra combater preconceito, não precisava sinal verde e nem precisava ressaltar a diferença entre padres e evangélicos que cantam – era só chamar pelo nome das cantoras e pronto, né não?

Eu fico pensando, se pra uma simples apresentação de cantoras religiosas precisou ocultar uma verdade (e muita gente comprou sem pestanejar), o que esperar da cobertura das eleições então? (Mas eu já vou avisando: eu não esqueci o apagão de 2001, não).

Enfim, gente sem memória sofre. Pelo menos hoje em dia tem o Youtube que não nos deixa passar por contador de caso.


P.S.: Uma crítica comum a cantores evangélicos é que eles só estão interessados em dinheiro. Sinceramente, quem não está interessado em dinheiro neste mundo? E quem canta só por amor à música? Só se for a Flor, que se alimenta de luz, porque de resto, todo mundo tem que ter algum pra pagar o que come, né? De cantoras gospel a padres com olhar 43, todo mundo merece receber pelo seu trabalho.
P.S.2: OK, eu não sou exatamente barbado agora, mas eu não sou mais o mesmo imberbe de 15 anos atrás, tá?
s

quentim

Tem coisa melhor que dormir abraçadinho com quem você adora? Ainda mais nesse friozinho? Ainda mais quando você adora de verdade? Tem?
s

Lauryn is back!

Boa notícia nesta terça-feira pra quem gosta de boa música e de gente com talento (e noção): Lauryn Hill deu sinais de que vai voltar a cantar!

A espetacular cantora de verdade abriu o jogo a uma rádio estadunidense e contou sobre o porquê de seu sumiço de dez anos (em maior parte, a decisão de se dedicar aos filhos).

Agora é esperar pra ver o que ela vai gravar de novo e de bom.
Capricha Lauryn!
D

é do Brasiiiiiiiiilllll...ooops, não é! ooops, é! ishi, não sei...

Quem lê a "Folha de S.Paulo" já deve ter visto, mas o blog faz questão de mostrar assim mesmo. Olha que lindeza o anúncio errado do Extra que saiu no caderno de esportes do jornal hoje.

Eu sei que o erro é mais do jornal que do hipermercado, mas eu fico feliz assim mesmo. Afinal, qualquer castigo pra esse mercadinho de merda pra mim é pouco.

Hehehe... sim, eu adoro.
s

sexta-feira, 25 de junho de 2010

All Star sujo



Esses aí são os meus pares de All Star, sujos como devem ser (alguns, pra dizer a verdade, morrendo de saudade das boas sujadas).
f
Cada par desses tem uma musiquinha pra lembrar os bons tempos (é só clicar nas fotos, pra já ir dando uma animada pro final de semana que começa!).
f
Sei lá por que, talvez por um processo de auto-revalorização , hoje cedo resolvi fotografar um por um e daí veio a ideia do post (Essa é a versão chic. A versão verdadeira é que eu resolvi limpar todos hoje e fiz as fotos. Mas que fique claro que eu lavei pra poder sujar todos de novo. No fim, acho que é coisa da auto-revalorização mesmo).
f
Sexta-feira não é dia pra papo. É dia pra se jogar. Então bom fim de semana, povo, a nite não tem dono!
f
f
P.S.: Fala a verdade, eu deveria ser contratado pelo marketing da Converse, não é não? :P
P.S.2:
Não resisti, pus a foto do All Star da minha sobrinha também. Roqueirinha desde os dois anos de idade, puxou o tio.
d

quinta-feira, 24 de junho de 2010

trem complicado

De uma amiga aqui da roça, durante conversa sobre a vida das jovens solteiras em TuBHcanga e sobre o sucesso que elas fazem nos outros estados:

"A mulher mineira é a favorita de todos.
Menos dos mineiros."

Não me resta nada pra dizer.
Boa sorte, amigas! :P
a

like a bridge over troubled water

quarta-feira, 23 de junho de 2010

casamento primaveril em pleno outono

Orkut, Facebook, Twitter, caralho a quatro. É muita coisa. E a gente acaba tendo tudo isso, seja pra matar saudade dos velhos amigos, pra saber o que anda aprontando o povo ou simplesmente pra dar uma aparecidinha mesmo, porque ninguém é de ferro.

Se por um lado costuma ser chato ver e ler algumas bobagens que a gente nem acredita que as pessoas postam (e olha que eu escrevo este blog, hein!), por outro são justamente essas bobagens que fazem valer todas essas redes sociais. Às vezes dá pra rir de chorar.

Vocês devem estar se perguntando: "Humberto, e essa Bebel aí, o que tem a ver?". Nada mesmo. Só que rindo de bobagens orkutísticas, lembrei desse momento inesquecível de atuação da Camila Pitanga que me fez rir muuuuito. Quem não lembra da Bebel pagando de fina num casamento primaveril em pleno outono? Vale muito a pena rever a cena todinha (é só clicar aqui).

A gente vive tão preocupado, batalhando pra resolver tudo (e isso às vezes não é fácil), que esquece de dar valor às coisas bobas que nos fazem ter bons momentos de gargalhadas.

A gente tem que tentar não ser superficial. Mas também tem que dar valor às besteiras da vida. É ou não é? :D

"Que bela ideia um casamento
primaveril em pleno outono."

"Que bela ideia um casamento
primaveril em pleno outono."

"Que bela ideia um casamento
primaveril em pleno outono."


Bebel, inesquecível, durante o casamento e no dia a dia:
"Que bela ideia um casamento primaveril em pleno outono."
dddddddddd

terça-feira, 22 de junho de 2010

"born to be wiiiiiiiiiiilllldddddddddd"

Eu aprecio e agradeço muito da criação de Deus (momento Kaká, em nome do Senhor!). Mas uma coisa que eu particularmente amo, acho que já disse, mas repito, é música. Deus estava muito inspirado quando deu ao homem o talento de compôr e cantar.

É difícil explicar o quanto música mexe comigo. Normalmente quem me vê em show ou sujando o All Star fica meio de cara porque rola uma transformação: sem beber eu viro outro, só me jogando no som. Mexe com tudo aqui dentro, eu não saberia explicar.

E porque eu sei que me ouvir cantando não é castigo que qualquer um mereça, costumo fazer isso sozinho, com o som bem alto. É incrível como muda meu humor e até me faz pensar melhor.

Enfim, enquanto escrevo este post alguém por aí sofre me ouvindo. Mas eu me sinto espetacular. Só lamento. Aliás, não lamento não. Sorte de quem vai dormir tendo recebido vibrações tão boas.

Eu amo música. E quem é o louco que não ama?
s

vai uma saladinha aí?


Gosta de cinema? Quer saber o que anda pegando? Quer ler uma análise mais profissional dos filmes em cartaz, depois de ler minhas opiniões toscas por aqui?

Então conheça o "Salada de Cinema", novo site do meu amigão Fernando, que era do "Cinebuteco" e que agora parte pra essa nova e muito bacana empreitada. Tudo que você precisa saber sobre o mundo do cinema está no Salada.

Fernandão, meu querido, sucesso pra você!
Besos pra todos!
:D

e eu adoro Meryl Streep!

Acho que todo mundo já sabe que uma das coisas que mais me irritam no mundo é gente canastrona que se dá bem. OK, acho que todo mundo merece se dar bem, mas caxião e besta que sou, sempre imagino que as pessoas dedicadas e talentosas mereciam conseguir as coisas antes.

Adoro gente competente. Adoro gente que tem brilho. E fico sinceramente feliz quando vejo essas pessoas bem, quando vejo seu talento e seu trabalho sendo reconhecidos e rendendo bons frutos.

Hoje faz aniversário uma atriz que é prova viva disso que estou falando (me refiro ao exemplo das pessoas bacanas, é bom pontuar): Meryl Streep. :D

Eu poderia falar das vááárias atuações magistrais de Meryl e todos os filmes dela que eu amo. Mas vou citar um só, que quase nunca é lembrado. Falo de "Um grito no escuro" ("A Cry in the Dark"), de 1988, primeiro longa que vi com ela, quando eu era criança ainda. Se não me engano, é baseado na história verídica de uma mãe que vê os lobos levarem seu bebê, mas ninguém acredita nela e a pobre acaba sendo acusada de assassinato e presa (daqueles casos odiosos de pessoas falando a verdade e ninguém acreditando).

Amo o trabalho de Meryl Streep. E acho que um post é pouco pra prestigiar uma profissional tão digna e tão espetacular. Uma profissional como eu acho que todo mundo deveria ao menos tentar ser.

Besos a todos, hasta luego!
s

segunda-feira, 21 de junho de 2010

sabedoria dos gatinhos

E aí, no final de uma segunda-feira do cão, descubro que os gatinhos aqui de casa têm uma cama de lunares. Com ratinho!
d
E ainda no fim do dia, relembro que tenho bons amigos. Gente como o Gui, a Luisa, o Vinix e o Vítor. Amigos que com palavras sinceras me fazem perceber que a fase é ruim, mas é fase. E me lembram da pessoa que eu sou e do quanto eu valho e que eu vou superar todas as adversidades.
s
Amigos de verdade, como pouca gente tem, que me dão o alívio de poder dormir tranquilo, sabendo que não estou louco e que realmente algumas coisas são absurdas, mas que nem todo mundo vê.

Obrigado pessoas sensatas.
Conviver com vocês é uma dádiva.

Besos a todos, boa noite, bom dia.
;)
o
Um dia serei sábio como esses gatos aqui de casa,
ah serei...
Estressar pra quê, né

on a Monday, late june, 2010

Still, no job. The man is starting to freak out.
s

sábado, 19 de junho de 2010

Diva

Eu não acredito mais em Papai Noel. Mas eu acredito que a Amy vai lançar seu novo álbum. E continuo esperando. Amy, gata, não me esqueci de você, grava logo essa porra, vai. ;)
s
Besos, bom final de semana pra nós todos!
s

hoje é dia da Glau!

Hoje à noite tem festa!
s
É o aniversário da minha amiga Glau, espetáculo de pessoa, sempre bem-humorada, sempre pronta pra pôr a gente pra cima! A Glauciane consegue deixar a gente feliz até quando vai arrancar um ou dois fios brancos de cabelo que insistem em aparecer onde não devem, hehehe.

E se por acaso os compromissos Flamenquísticos me impedirem de dar um abraço nela pessoalmente hoje, fica aqui este post, pra registrar que eu amo essa moça! Por isso fiz questão de colocar 10 Glaucianes na foto (ela sabe porquê, rs)!
d
Glau, adoooro você! Depois comemoramos no Butequim, tá certo!
Besos moça, besos pra todos!
s

Galera do jequitinhonha manda abraço!

d

sexta-feira, 18 de junho de 2010

pra comemorar mesmo!

Olha, faz tempo que eu não me empolgava tanto à espera de uma revista: e não é que a Playboy conseguiu convencer a Cleo Pires a estrelar sua edição de 35 anos, em agosto? (êêêêêêê!!!)
s
Eu tiro o chapéu pro editor, porque conseguir uma mulher como essa não deve ser fácil. Eu confesso que fiquei surpreso. Porque, convenhamos, é a Cleo Pires, filha da Glória Pires (que além de ser uma atriz de verdade, nunca posou nua e sempre foi muito reservada). Além disso, a Cléo nunca fez nem VIP nem Maxim nem nenhuma revista de pseudo-nu. E mais além ainda, ela tá começando a carreira, podia enrolar o quanto quisesse. Enfim, mandou muito bem a Playboy.
s
A primeira escolha da revista para a edição comemorativa era a Leandra Leal (também me surpreendeu), mas ela não quis. Depois rolou um papo de que seria a Luiza Brunet (zzzzz....). Mas, enfim, conseguiram uma verdadeira musa pra cantar os parabéns. Achei muito digno!
s
Eu gosto da Cleo. Gosto como atriz (acho que ainda vai melhorar muito, no entanto), gosto como pessoa (repito, é filha da Glória Pires, né?, não é qualquer Dona Maria sem nada na cabeça) e gosto porque, sim, muito gata. Ela é um desses casos Liv Tyler difíceis de explicar, de filhas que são a cara do pai e mesmo assim são muito, muito gatas.

Espero que a Playboy não faça cagadas, nem decepcione, como naquela edição da Grazi.
Arrasa, Cléo, tô esperando!
:P
sj
s
P.S. Desnecessário: Ai, e pensar que eu vi a Cleo na Pais&Filhos, lá em setembro de 1988... Eu tinha cinco anos, gente, tá na média, vai!
s

quinta-feira, 17 de junho de 2010

arrependimento... :(

Ok, eu confesso: Me arrependo muito de não ter comprado minha camisa da Seleção Argentina enquanto estava na Recoleta. Ay, que saudade da Recoleta!
s

até quando?

Acabei de ler que a Emanuela de Paula foi chamada de "macaca" na São Paulo Fashion Week. É uma lástima ler esse tipo de notícia. Ainda mais quando você lê que quem tentou ofender é uma (vaca? égua?) caçadora de talentos ressentida com o sucesso da moça e de olho no dindim dela.
s
Sinceramente, é muito baixo nível. Tem que ser muito, muito sem berço pra achar que a etnia de alguém é algum demérito. Ainda mais pra chamar de macaca. Essa ignorante deveria saber que ser negro nunca foi motivo de vergonha. Eu costumo argumentar que ser de uma ou outra (do que se convencionou chamar de) raça por si só não deveria ser motivo pra se ter orgulho. Mas, sinceramente, quando se pensa nas burrices da Humanidade, como a declaração dessa caça-talentos, ser negro acaba sendo motivo pra se orgulhar, sim (afinal, são séculos lutando contra esse tipo de gente atrasada).

Ninguém é 100% politicamente correto. Mas se pra tudo na vida a gente precisa de bom senso, quando o assunto é racismo a gente precisa do dobro. Sempre tive certa ojeriza por gente racista. Nunca foi uma coisa que eu consegui entender de verdade.

Eu sou muito fã da Emanuela. É uma moça linda, vem construindo sua carreira com brilhantismo e é uma das top models brasileiras (de verdade) mais bem sucedidas desde Shirley Mallmann.

E digo ainda mais: Já que o assunto é racismo, particularmente o racismo na moda (já muito falado aqui), vale lembrar que se já é bonito ver Emanuela, negra brasileira, exibindo sua beleza em editoriais e passarelas, é ainda mais lindo lembrar da icônica Alek Wek, top sudanesa dos anos 90/2000. Essa é um espetáculo. Ficam aí duas de suas capas, a clássica da Elle estadunidense e a coloridíssima da Elle sul-africana. Dessa top, então, eu sou muito, muito fã (vale ler este texto do Vitor Angelo sobre ela).
Enfim. Dá pra acreditar em gente racista nesta altura do campeonato? Na moda? Podre, né? Ninguém precisa disso. Não mesmo.

Arrasa Alek!

Tonn, vai se fuder.

menos, Dona Luiza

OK, alguém tem que avisar a Luiza Brunet que ela é um ícone, é uma das modelos mais marcantes na História das tops brasileiras, mas que não, NÃO DÁ pra pagar de gatinha aos 50. Olha, até daria, se fosse algo mais honesto, tipo, "estou com 50 anos, tenho 50 milhões de rugas, mas estou gostosa pra idade e tal".

Mas não, toda hora me aparece uma revista com a Luiza Brunet photoshopada até a última célula e ainda alguma legenda do tipo "Luiza cada vez mais jovem" ou "Luiza não mudou nada". Ah, gente, me poupem.
s
Tão bonito quanto um sorriso autêntico, um rosto ou um corpo bonito e saudável ou quanto uma carreira consolidada é um pingo de dignidade.

Fazfavor, ninguém merece.
Um pouco menos de exagero no mundo, por favor.
d
"Sou a Cléo Pires!"
d
d
P.S: Já pedi ao povo do Dasbancas (depois falo mais desse blog) pra me arrumar essas fotos aí antes do photoshop. Tô no aguardo, Leandro!,rs...
s

ah neeemmmm...

Alguém mais tem uma preguiça GIGANTE de Jesus Pinto da Luz? O que essa porra desse cara tem de mérito além de ser fedaputamente sortudo? Hum?
s

"Pó deixar que eu tomo conto do carro, Chefia,
só deixar pago os cinco real antecipado, firmeza?"

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Marion Cotillard

O cinema sempre tem suas divas. As eternas como Marilyn Monroe e Rita Hayworth, e as mais recentes, como Penelope Cruz e Angelina Jolie.

Mas, sinceramente, pra mim, a que tem mais potencial de se tornar uma musa inesquecível é Marion Cottilard. Me apaixonei por ela em "Piaf" e me entreguei completamente em "Nine".

Agora, pra completar, ela me faz uma capa maravilhosa de Vogue US dessa. Aff, não precisa dizer mais nada, não. Basta ficar olhando.

Je t'aime, Marion.


P.S.: Talvez só a Sarah lembre: Achei que ela tá a cara da Cláudia Zardo (Capricho e Nova)nessa capa. ;)
s

duende ou paquita?

Ontem à tarde, estava lá eu na casa de bons amigos, mais pela farra que pela torcida, assistindo ao primeiro jogo do Brasil na Copa do mundo. Apareceu o Dunga. E não sei bem por quê, passei 1h30m com o seguinte clássico da MPB na cabeça:

(kkkkkkkkkkkk!!!)

Será que tem alguma coisa a ver com a roupinha que as Paquitas usavam pra cantar isso? Hum?


P.S.: Não achei uma foto melhor da roupa do Dunga, mas quem viu o jogo sabe do que eu tô falando.
P.S.2: Eu tenho que tirar o chapéu pra essas Paquitas: Como que esse monte de mulher, tudo adolescente e querendo aparecer, dança em cima de um tabladinho desses sem cair?
P.S.3: Sinal de que o sistema educacional era melhor e de que eu já era mala em 1989: eu já não entendia essa de "a gente se multiplicou". Como assim? Coelho???
P.S.4: Ai, mas era muito bom mesmo essa época. Bom-bom-bom!...
s

terça-feira, 15 de junho de 2010

nunca à tõa

Achei isso num email enviado pela espetacular Tininha Horta. Achei minha cara.
Besos, fui, tô correndo!
:P
s

cara de uma, voz da outra

Eu sou um graduado em Letras pela UFMG (e eu era foda em Linguística), portanto sei que timbre de voz é como impressão digital, cada um tem o seu.

Mesmo assim, sempre tive uma teoria de que pessoas com fisionomias parecidas têm a mesma voz (ou coisa muito parecida). Sabe aquela semelhança (chata, inclusive) entre Daniella Mercury e Regina Duarte? Então.

Ultimamente, pra mim, o caso que tem sido mais prova dessa minha teoria (suuuper comprovada cientificamente por mim, off course) é o das atrizes Paola Oliveira e Rachel McAdams (já falei aqui, inclusive): Não sei se as fotos mostram bem a semelhança, mas no vídeo acho que fica mais claro. Pra mim, o rosto é muito parecido e a voz é a mesma.

Veja você mesmo e me diz o que você acha: Tem uma cena da Paola aqui e uma da Rachel aqui.

Enfim, como diz a Janaína, eu e minhas associações livres.
Besos pra todos, hasta luego.


P.S.: Já tinha adorado a Rachel em "Meninas Malvadas", "Sherlock Holmes" e esses dias assisti "Te Amarei Para Sempre" (péssima tradução para "The Traveler's Wife"), um filme louco, mas muito bonito, e vou gostando cada vez mais dela. Alguma opinião Fernando?
s

o buraco no pano da costureira

domingo, 13 de junho de 2010

sessão da tarde

Dia bom pra assistir filminhos água com açúcar.
Como nos velhos tempos.
s
Besos pra todos, ótima semana pra todos nós.
;)
s

sábado, 12 de junho de 2010

se mis palavras dicen poco (entonces haga clic en la foto)

dia dos namorados acompanhado!

Foram 11 anos desde a última vez em que eu tive o prazer de passar acompanhado o dia 12 de Junho, minha data festiva preferida do ano. Onze anos! Deus sabe o quanto minha vida mudou nesse período, particularmente no que diz respeito a relacionamentos.
s
E tanto tempo sem ter o prazer de ter ao lado alguém que eu amo e que me ama me deixou sem saber o que escrever agora. Como dizer algo bacana sem ser piegas? Qual a melhor ilustração? Qual a melhor música? Hum? Hum?
s
Só posso escrever que namorar nem sempre é fácil. Mas ainda acho que é uma experiência muito engrandecedora. Ter alguém leal a você, que te motiva, que te faz feliz de alguma maneira. Querer estar com essa pessoa, querer vê-la bem. Receber um sorriso aberto de manhã cedo (às vezes muito cedo, e ainda assim ser uma delícia). Tudo isso ainda é das melhores coisas do mundo. :D
s
Você que não está namorando, se joga neste dia dos namorados. Ser solteiro também é bom se você está bem consigo mesmo.
s
Você que está namorando, se joga mais ainda, dê um abraço apertado em quem tem a sorte de estar com você.
d
E Você que eu estou namorando, muito obrigado por todos e tantos momentos felizes.
d
E pra todos nós, uma musiquinha bem com a cara do blog para este dia dos namorados!
s
Muito amor pra todo mundo!!!
s
P.S.: Eu te amo. MUUUUUUUUUITO!
x
s

sexta-feira, 11 de junho de 2010

é do Brasil

E hoje começou a Copa do Mundo. E você jura que eu vou falar alguma coisa a respeito, né? O máximo que me cabe dizer é que espero que passe logo.
s
Acho muito bizarro a falta de noção que toma conta do país durante esse evento. Dá uma olhada na foto acima, que foi tirada no centro velho de Vitória semana passada. Spia a situação. Dá pra acreditar num bando de marmanjo reunido num cine pornô, parando a putaria no meio pra ver outro bando de marmanjo correndo atrás de uma bola.
s
Tem ou não tem alguma coisa de errado com as pessoas durante a copa do mundo de futebol?
Eu tô fora.
s
Galvão, cala a boca e não me liga.
c