domingo, 30 de janeiro de 2011

ele na frente, ela atrás, mas os dois felize$

Lembram desse post aqui? Muita gente reagiu e discordou da minha incredulidade em relação ao "amor" do casal Angélica e Huck.
s
Daí hoje a sempre ponderada revista Veja me sai com essa capa aí acima. E ela sozinha já explica meu ponto. Amor de coo é contrato com mil marcas pra pagar de casalzinho hétero, branco, feliz e com filhos.
s
Pra quem não lembra, antes de conhecer e engravidar de Luciano Huck, Angélica estava meio deslizando na carreira. Tava só naquele lixo daquele quadro dela no "Vídeo Show". Ele também era só um apresentador ainda pior que o Serginho Groismann, com um programa cheio de vulgaridades. Daí ela fez a coisa certa pra uma moça que engravidou antes de casar, casou, e ainda por cima teve um menininho loirinho. Bingo! A Sociedade Patriarcal agradece. E o moralismo publicitário também. Daí pra frente, quem sairabandonaria uma parceria dessas?
s
Pra quem não lembra também, Angélica era apaixonada por Maurício Mattar. Acho que não precisa falar muita coisa, né?
s
Lembro também que pouco tempo depois do casamento do ouro da mídia, rolou um episódio de "A Diarista" sobre um casal romântico da TV que se odiava nos bastidores mas mantinha as aparências porque era muito lucrativo pra eles. Até hoje eu du-vi-do que foi mera coincidência.
s
Na verdade, na verdade, vale aquilo que eu falo sempre, não tô lá pra ver, não sei da vida íntima de ninguém. Mas como consumidor, não acredito que essa união não seja mais que isso, uma parceria lucrativa, que deu um jeito na imagem dos dois e garantiu muitos comerciais pra pagarem de bons moços.
s
Quanto a essa capa dessa revista, pra mim chega a dar calafrio. Foi bater o olho nessa ode a um mundo politicamente correto (???) e pensar na transexual que saiu com votação recorde no primeiro paredão do "BBB" atual ou então nos ataques a gays na Avenida Paulista, pra ficar em dois exemplos... Posso estar viajando (e devo estar mesmo), mas isso me fez lembrar aquela coisa facista de que não há espaço para a pluralidade, para as diferenças -- e, pior, dá medo da ideia de que aquilo ou aquele que "oferece perigo" a esse mundinho perfeito deve ser exterminado. Não li a matéria porque eu não leio essa revista há quase 20 anos. Se alguém ler e quiser comentar aqui, inclusive com um post próprio, fique à vontade.
s
Enfim, é isso aí. Medo desse mundo esquisito.
Boa semana, né?
d
d
P.S.: Mas capricharam no photoshop, hein? A Angélica a gente até já tá acostumado, mas querer botar o Luciano Huck, que além da feiúra agora tem que esconder a velhice, pagando de rapazinho é forçar muuuuito a barra, né não?
P.S.2: Eu até "engulo" Angélica hoje em dia, mas Luciano Huck, realmente... e esse discurisinho de "homem pró-ativo que construiu sua carreira e blablabla"... Não nasceu na favela, né, vamos combinar? Apesar de adorar passar por lá pra fazer a pinta de homem preocupado com a pobrada.
P.S.3: Veja pondeada foi ironia, gente, pelo amor de Deus, não duvidem da minha inteligência. E, francamente, essa foto, coisa mais cliché o "por trás de todo grande homem existe uma grande mulher". Só pode se for por trás, né?, de preferência bem escondinha.
s

8 comentários:

Alan Raspante disse...

OLHA MENINO, tô contigo!

o Humberto disse...

Uma coisa que me ocorreu agora. Casal certinho por casal certinho, prefiro Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert. Ah, não daria capa da Veja, a Fernanda tem um programa de sexo. Aí não pode, né?, onde já se viu mulher gostar e ainda por cima falar de sexo?

Mr. TV disse...

Fala Humberto, aproveitei a excelente matéria e a levei para o meu blog. Cara, a dúvida ficou no ar agora? Angélica e Huck são Brad & JOlie tupiniquins. Mais: peço desculpas se por um acaso vc se sinta ofendido por ter 'chupado' o post para o Mr. TV. Mas saiba que suas últimas matérias estão sensacionais, vide o de Xuxa; e sobre o casal 20 da Veja fui obrigado a colocar pimenta. Abraços... e Obrigado mesmo!

o Humberto disse...

Comentei lá no seu blog, Mr. :)
Agora, acho ruim de comparar Brad and Angelina com esse casal. Sério, falta muuuuuito. Agora, não custa lembrar que Brad e Angie não ficam por aí fazendo mil comerciais pagando de casalzinho né?, o que me faz ter mais fé no casal estadunidense. Sei lá, acho mesmo que rola uma monetarização muito grande desse casamento, parece tudo muito conveniente.

Abs!

Sarah disse...

Não sabia desse episódio da 'Diarista". A própria Globo semi chacoteando o tema?

Bom,faz muito sentido o que foi dito mas é difícil acreditar (ou aceitar...) que alguém viva uma mentira dessa dimensão. Eles têm filhos também, parece tudo tão surreal!

Grana os dois já tinham antes do casório, cada um com a sua, o que leva então a isso é mais grana ( muuuito mais) e vontade de ficar em evidênicia. Lamentável...

2012 djá!

R. Paschoal disse...

Conheço a Angélica enquanto pessoa humana e poso dizer que, apesar dos pesares, ela não faria nada disso ( pura e simplesmente ) pelo dinheiro, pois já tinha muita bufunfa antes de conhecer o Huck.

O que acontece é que a loiruda sofreu muito na mãos de seus EX's, e o narigudo surgiu como um príncipe encantado. Parece mentira, mas ele arrebatou a moça.

Por outro lado, não posso falar pelo Luciano, pois não o conheço e não sei de suas motivações. Mas sei lá... apesar de toda a pompa, pode ser que a relação seja mesmo sincera em ambas as direções.

Laura disse...

Otimo texto.
O colunista Odair Del Pozzo parece concorda com a sua ideia sobre o casal:
http://www.colunadodada.com.br/site/index.php/so-ta-dando-voce-hein/38-so-ta-dando-voce-hein/1200-e-essa-barriguinha-angelica-e-aumento-societario.html
http://www.colunadodada.com.br/site/index.php/section-blog/40-annus-horriblis/720-o-amor-a-gente-sente-na-pegada.html

Eu concordo com sua "ideia" sobre o casal. Eu não acho que a união é relacionada a grana propriamente dita - dinheiro no sentido literal.
Mas sim, é relacionado a status, imagem deles como "casal perfeito". Claro que isso traz muito dinheiro para eles, no caso deles isso alavancou a imagem (carreira) deles, que estava em baixa antes do casamento. Que é o que importaria no caso deles.

E na verdade isso é o que mais existe nesse meio do "high society", você não vê essas familias endinheradas só casam entre si.

Sinceramente eu acho que a Angelica só aceitou isso por causa que ela viu que o Mauricio Mattar nunca ia casar com ela. E ela chegando aos 30 queria ser mãe (& casada) de qualquer jeito.

Você sabia que a ideia do programa Estrelas é ideia do Huck. Eu acho no caso deles é mais correto dizer que o casamento é por status do que por dinheiro.
O casamento, de fato, é mais conveniente para eles (do que incoveniente). Sem sombra de duvida.

o Humberto disse...

Status que gera dinheiro. Logo...

Obrigado pelo comentário, abraço.