quinta-feira, 24 de março de 2011

até as paquitas choram

Procurando a abertura da "Sessão da Tarde" da nossa época caí, sem querer, numa veiculação do "Sem Censura" onde a então Paquita Louise Wischermanan, a "Paquita Alemã", noviiiiiinha, era entrevistada. .
Várias emoções ao mesmo tempo:
.
1) Pra falar do "Sem Censura" tenho que fazer um outro post. Eu adoraaaava o programa, uma das "brigas" mais engraçadas que protagonizei na faculdade foi defendendo ele.
2) Lúcia Leme no comando do programa: era a melhor! Nada contra a Leda Nagle (que tá cada dia pior), mas nunca entendi a substituição.
3) Gente, eu não lembrava que uma paquita tinha sido entrevistada no "Sem Censura". Daí, pra quem não lembra, dá pra avaliar a repercussão que tinha toda essa coisa de Xuxa nos Anos 80 e 90.
4) A Louise, antecessora da Letícia Spiller, era minha preferida. Eu era doido com ela, nossa, ah meus 12 anos. Era a mais lindona de todas e tinha uma coisa, bom, mexia com tudo.
5) Fiquei impressionado com a semelhança dela novinha com a Amanda, bailaora da Cia. Andaluz de Flamenco. Mesma carinha linda.
6) Coisa de admirador mal informado, fiquei todo felizinho aqui de saber que a bonita faz aniversário no mesmo dia que eu (hehehe).
.
Enfim, adorei ter achado esse vídeo perdido. Daí fui abrindo outro e outro... Eu sabia que a Louise tinha ido pra Alemanha, que tinha virado atriz por lá e tal. Eu lembro quando ela esteve no Brasil em 96 (aff!, até o retorno já ficou velho), para alguma comemoração no programa da Xuxa, e ela foi a ex-paquita que mais chorou (só podia ser a pisciana mesmo). Enfim, disso eu sabia.
.O que eu não sabia é que ela está (ou estava, espero) passando por um daqueles perrengues que a gente não imagina nunca que vão acontecer (muito menos com uma paquita): Louise se casou com um Zé canadense e logo depois foi diagnosticada com esclerose múltipla. Teve um filho com o cara. O cara se separou dela. Depois, Louise resolveu (como não poderia ser diferente nessa situação), voltar ao Brasil, onde, vejam só, o sistema público de saúde é melhor que o do Canadá. Só que não pôde trazer o filho.
.
A todas as minhas amigas e amigos que acham que a solução de todos os problemas é arrumar um marido estrangeiro e ir embora pra seja lá onde for, sugiro assistir à participação da Louise no programa da Ana Maria Braga, onde ela conta melhor o drama (aqui). E olha que o caso da Louise nem é esse, já que ela já vivia no exterior há anos e naturalmente acabaria se envolvendo com um "não-brasileiro".
.
Mais uma vez o assunto saúde mexendo comigo... Quando é que eu, ou qualquer um, nos tempos áureos do Xou da Xuxa, ia imaginar que uma das paquitas passaria por isso? Por que é que a gente acha que é imortal e jovem pra sempre? Por que é que a gente nunca sabe de nada?
.
"Isso mostra que a gente não é melhor que ninguém." Palavras da Pituxa Louise. E a verdade mais verdadeira do mundo.
.
.
P.S.: Tô tentando saber que fim tomou essa história. Se alguém souber, me conta (Mr. TV???). Espero, de verdade, que ela esteja bem. Não porque ela era a paquita dos meus sonhos de pré-adolescência. Mas porque ela é só mais uma de nós.
.

8 comentários:

Dan disse...

vixi.. eu só lembro da sorvetão. rs

Cris disse...

Lembro-me dela e todas as outras. E lembro-me da entrevista na Ana Maria Braga e lembro-me de ter pensado que nessas horas, "alguns amigos ou ditos amigos" desaparecem!

Seu post é extremamente reflexivo: somos iguais. Absolutamente iguais e inerentes aos mesmos erros, tragédias, acertos, vitórias, perdas. Nada nos difere; exceto as situações que podemos usar o lívre arbítrio e decidir entre o bem ou o mal. O que não foi o caso dessa moça. Ou foi ? Ou deixar um filho segue a regra: nunca, jamais.
O fato é que ela sofreu dessa doença degenerativa e precisava de socorro rápido. Não sabia quanto a questão de saúde no Canadá. Minha mãe viveu em Toronto por dois anos e não teve problemas.

Sabe, seu post me remeteu a vida do nosso "grande" Pelé.
Um dos gênios com a bola no pé, autor de gols inesquecíveis. Negou a paternidade de uma filha decente até a morte da mesma e teve um filho prêso por tráfico de drogas.
Somos todos iguais e passíveis de todos os dramas e glórias.

Post pra pensar mesmooooooooo !

Beijos

Mr. TV disse...

Humberto querido,
antes de mais nada quero frisar que existe um dedo da Xuxa nessa história toda. Explico: a apresentadora procurou a produção do Mais Você e pediu para a Ana Maria Braga tornar público todo o drama de Louise Wischermann com o intuito de acelerar todo o processo e conseguir o mais cedo possível o direito (não da atriz, ou ex paquita) da mãe de ficar com o menino. Até o momento o que se sabe é que o menino continua com o pai no Canadá e que Louise está envolvida com o ROCK in Rio 2011 (por trás das câmeras).
Tem um site na internet que fala sobre Louise, a última atualização foi feita em 12 de março. Segue o link: http://www.louisewischermann.com/

Espero ter lhe ajudado em alguma coisa...

Honrado,

Mr. TV

Mr. TV disse...

P.S.: o tratamento da doença no Brasil é gratuito, enquanto no Canadá os remédios custam 1,3 mil dólares mensais...
Louise está bem (trabalhando!)...

Heron disse...

Independente do que aconteça neste nosso mundo, para mim, a criança tem de ficar com a mãe, salvo exemplos de maus tratos ou exploração.

Fora isto, a mãe é do filho. Sempre.

railer disse...

bons tempos aqueles. tomara que tudo dê certo pra ela mesmo.

Sarah disse...

Puxa, vou ver com calma os vídeos mas eu lembro de ter lido sobre isso sim, um tempo atrás. Triste.

R. Paschoal disse...

Aposto que foi macumba da Katia Paganote!!!