segunda-feira, 21 de março de 2011

prontos pra overdose?

Então, pessoal, a vida continua. :)
.
Hoje eu estava lendo alguma coisa no "Dasbancas", blog de revistas do bacana Leandro_S, e caí num post sobre capas com pessoas que estão na mídia e pessoas que não estão (pra variar deixei um comment provocativo por lá).
.
Bom, claro que é interessante (especialmente em termos comerciais) que quem esteja na crista da onda ganhe várias capas. Mas pelo menos a mim cansa muito ver a mesma cara em todas as capas. Fala a verdade, os rostos de Grazi Massafera e Paola Oliveira, por exemplo, na capa de alguma publicação ainda te fazem ter vontade de comprar a revista? Não, né?
.
Daí que a campeã de birra pra mim é justamente aquela que, com certeza, vai morar nas bancas a partir de abril. Sim, amigos, preparem-se porque Flávia Alessandra entra no ar hoje interpretando uma robô na novelinha das 7h. Por alguns meses, vamos ver muita expressividade e o biquinho de sempre em publicações que vão da clássica Nova até a Globo Rural.
.
Enfim, dá uma olhada no que estará nas bancas em abril e me responda:
.:
Vale a pena todo mundo apostar na mesma pessoa, em evidência, pra estrelar uma capa? Será que não chama mais a atenção escolher justamente alguém que vai se destacar da Flávia Alessandra de sempre?
.

8 comentários:

Sarah disse...

ahahaha, vc não existe!!
ó, não é por nada não mas esse diretor de novela andou plagiando meu amado filme 'A maldição de Samantha", não gostei nada disso.

Leandro disse...

hahahahaha

Flavia Alessandra não faz parte da minha lista de garotas da capa favoritas. Grazi e Paola sim.

Heron disse...

hhahahaahaha! Muito bom!!!!

Cara de Brigitte ela está hein!

Alan Raspante disse...

Ainda acho a Grazi a pior. Sempre a mesma cara e aquele sorrisão de jacaré. Enfim... teremos que aguentar! rs

Caroline disse...

Eu não dou conta.....

Abs,

Cris disse...

Esse desgaste de imagem acaba cansando realmente. Começam a serem figurinhas fáceis e isso como marketing é péssimo; mesmo em um lançamento.

Lembro-me de uma conversa que tive, com um cara genial do meio artístico e ele me disse que todas as publicidades que eram feitas na "dose certa" tinham muito mais resposta efetivas do que aquelas que entravam massacrando o consumidor ou público.

Concordo com vc, mesmo a beleza singular da Grazi, não dá pra virar "pão nosso de cada dia". Cansa.

beijos!

david era uma vez... disse...

Mas vamos combinar que não tinha pessoa melhor para fazer papel de um robo!
Flávia tem expressão pra isso... nossa! ela parece realmente um robo que ri torto!

Beijos meu amigo

Mr. TV disse...

vc esqueceu da Contigo!

http://contigo.abril.com.br/sumarios/