sábado, 21 de maio de 2011

constatação do fim de semana

16 comentários:

Alan Raspante disse...

Overdose vermelha...
Ain, achei essa frase tão pop. Pena que tô numa fase azul. Boring~

[]s

o Humberto disse...

Azul já é melhor que bege, meu querido. Besos. ;)

Augustto disse...

Tem como não amar? <3

o Humberto disse...

:D

Alan Raspante disse...

Humberto, fica tranquilo que também não curto cgarros, ok? Estranhamente eu gosto da estética dele quando presente em filmes ou fotos. Não sei explicar.

Sei bem que posso usar a minha paleta de cores, mas sei lá hein... Esse "azul" não desgruda de mim. Mas isso é outros 500...

abs :D

Caroline disse...

Muito legal rsrsrs...

Abs,

o Humberto disse...

Eu sou vermelho, mas hoje o dia tá grey e eu tô blue, blue, blue.
:S

Vem ni mim segunda-feira.

david era uma vez... disse...

Sou vermelho até nos meus piores dias... Nesses dias chego a ser encarnado!! Mas nunca deixo de ser vermelho... Os beges me cansam

Beijos meu Redboy amigo

o Humberto disse...

Obrigado David, vc e o David No 2 salvaram meu domingo, ri demais.
:)

R. paschoal disse...

Já ouço Fafá de Belém, cantando:

"A côr do meu batuque
Tem o toque, tem o som
Da minha voz
Vermelho, vermelhaço
Vermelhusco, vermelhante
Vermelhão...

O velho comunista se aliançou
Ao rubro do rubor do meu amor
O brilho do meu canto tem o tom
E a expressão da minha côr
Vermelho!...

A côr do meu batuque
Tem o toque, tem o som
Da minha voz
Vermelho, vermelhaço
Vermelhusco, vermelhante
Vermelhão...

O velho comunista se aliançou
Ao rubro do rubor do meu amor
O brilho do meu canto tem o tom
E a expressão da minha côr
Meu coração!...

Meu coração é vermelho
Hei! Hei! Hei!
De vermelho vive o coração
He Ho! He Ho!
Tudo é garantido
Após a rosa vermelhar
Tudo é garantido
Após o sol vermelhecer...

Vermelhou o curral
A ideologia do folclore
Avermelhou!
Vermelhou a paixão
O fogo de artifício
Da vitória vermelhou...(2x)

A côr do meu batuque
Tem o toque, tem o som
Da minha voz
Vermelho, vermelhaço
Vermelhusco, vermelhante
Vermelhão...

O velho comunista se aliançou
Ao rubro do rubor do meu amor
O brilho do meu canto tem o tom
E a expressão da minha côr
Vermelho!...

A côr do meu batuque
Tem o toque, tem o som
Da minha voz
Vermelho, vermelhaço
Vermelhusco, vermelhante
Vermelhão...

O velho comunista se aliançou
Ao rubro do rubor do meu amor
O brilho do meu canto tem o tom
E a expressão da minha côr
(Vermelho!)
Meu coração!...

Meu coração é vermelho
Hei! Hei! Hei!
De vermelho vive o coração
He Ho! He Ho!
Tudo é garantido
Após a rosa vermelhar
Tudo é garantido
Após o sol vermelhecer...

Vermelhou o curral
A ideologia do folclore
Avermelhou!
Vermelhou a paixão
O fogo de artifício
Da vitória vermelhou..."

Dan disse...

ando bem mais blue do que red.
=/

Janaína disse...

Tô com o David: "sou vermelho até nos meus piores dias". E contigo também, Humberto...não dou conta dos beges dessa vida!
Beijos pra ti. De tradicional batom vermelho, inclusive!

Sarah disse...

Concordo demais!! aliás,amei as fotos!

Lucas disse...

Muito legal, mas vermelho me lembra o Internacional e eu sou gremista, hehehe...
Lucas - www.portalcascudeando.blog.com

Anônimo disse...

vc é foda!

o Humberto disse...

Rafael Pascoal, eu SABIA que vc ia lembrar da Fafá, seu ridículo, rs... Falo nada. Agora me ajuda a lembrar um clipe do Garbage que é todo vermelho tb, que eu adoro, mas não linkei pq não lembrei de jeito nenhum. Não é música muito velha não.

Lucas, azul me lembra cruzeiro, tô fora, rs... vou lá ver seu blog.

Anônimo (a), fiquei curioso agora. :P

Povo todo, abraço! Muita gente gostou dessa frase, eu digo que ela saiu tão espontaneamente numa conversa que eu tive com um amigo sexta. Bom que deu certo! :)