sábado, 7 de maio de 2011

feeling it again

Uma coisa que me ocorreu ontem é que eu tô com saudade de dançar. Mas dançar mesmo, não aquilo que a gente faz em boate e chama de dança.

Eu não me atrevo a nada parecido com dançar de fato desde outubro, mas eu já estava achando que do jeito que tava não dava.

Na verdade, o que eu tenho sentido falta mesmo é de dançar "sem vergonhamente" como eu fazia quando era novinho. Queria saber por que eu deixei que fizessem de mim um Zé.

Quer saber? Uma hora dessas eu pego minha amiga Renata e me jogo. Fodas.

Renata, amor, vão dançar? Vão pagar mico feliz?

Bom fim de semana, povo. Se joguem também!
;)


P.S.: Pra Renata, nenhum outro vídeo poderia ser dedicado. Pra este post, nenhum outro vídeo faria mais sentido. Clica aqui pra ver.

11 comentários:

Alan Raspante disse...

Você me fez pensar agora... Eu nunca dancei! Nenhuma dança boa ou a "normal", nunca fiz isso. Também não acredito que dança de boate seja muito aceitável.... Afinal, né....

Ain Humberto, meu FDS tá uma beleza: só na ressaca!

Mr. TV disse...

eu dancei nessa madruga, hahahaha, viu Humberto, eu dancei. suhashuashuahsu... abraço velhinho, c cuida...

Luciano disse...

Esta cena final de Dirty Dancing me emociona até hoje. Me faz sentir vontade de sair dançando, assim de olhos fechados, quase em transe, lavando a alma.
Abraço,
Muque de Peão

Renata Gladys disse...

Ameiiiiiiiiiii!!!kkkkkk
Outro dia eu assisti o filme (o DVD que vc me deu)). Chorei para variar...kkkk...aiai....amooo demaisss!!!
Bora nos jogar, amore! Vamos dançarrrrrrr!!!!
SAUDADES! TE AMO!

Heron disse...

cha cha chá!

railer disse...

quando vier ao rio a gente sai pra dançar!

Caroline disse...

Dançar é bom demais rsrsrsr...fez lembrar minhas aulas de dança. To dentro demais...me chama.

Abs,

Anônimo disse...

Queria ter nascido na época dos grandes bailes anos 40, 50 e 60, nos anos 70 muito bom, já que nasci em 71, e na minha maior idade só tinha porcaria, e modismos chulos e ruins e hoje só porcarias só barulho e gente que só quer confusão, tô fora desses lugares.

Janaína disse...

Eu adoro esse filme... Acho essa dança final o máximo!! E quando vejo essa cena, custo a acreditar que o Patrick Swaise morreu! Lindo demais! Dá mesmo vontade de se jogar na pista, frenética! Se joga, Humberto! Se joga e aptoveita! Porque a gente nunca sabe até que dia estaremos vivos pra fazer as vontades sinceras que a gente tem.
Beijo!

Janaína disse...

Eu adoro esse filme... Acho essa dança final o máximo!! E quando vejo essa cena, custo a acreditar que o Patrick Swaise morreu! Lindo demais! Dá mesmo vontade de se jogar na pista, frenética! Se joga, Humberto! Se joga e aptoveita! Porque a gente nunca sabe até que dia estaremos vivos pra fazer as vontades sinceras que a gente tem.
Beijo!

Gabi César disse...

Eu gosto muito... Estou fazendo aula há três meses, e a diferença é incrível. Se joga! :)