quinta-feira, 16 de junho de 2011

the deepest wish

Se Deus me perguntasse qual presente eu gostaria de ganhar Dele, eu não levaria um segundo pra dar a resposta: "Queria poder voar".


O mais perto que chego disso são meus saltos quando nado. É pouco, muito pouco, eu sei. Mas naqueles míseros segundos eu sou mais leve que o ar. E mais livre e mais cheio de possibilidades que qualquer outra criatura no mundo. E sou o mais sinceramente eu que eu posso ser nesta vida. Sou imbatível.


Bom dia pra você que sabe que o único responsável pela sua felicidade é você mesmo.

4 comentários:

Janaína disse...

Bom dia, Humberto!
"Te adoro e você vem comigo aonde quer que eu voe..."
Bons vôos pra ti também, querido!
Beijos!

david era uma vez... disse...

Eu duvido que vc conheça essa musica... Mas seu post me lembrou dela:

♫Sem olhar, sem respirar
Sem rir, sem pensar, sem falar
Só te provo um lugar
Qualquer piscina ou mar de Amaralina
O amor não é mais do que o ato
Da gente ficar
No ar antes de mergulhar
Antes de mergulhar
Dance, dance, cante, cante
Muito alto, sem medo de tudo
De nada, sem medo de errar
Vejo uma boca vermelhar galhar
A paixão não é mais do que o ato
Da gente ficar
No ar antes de mergulhar
Antes de mergulhar♪

-Trampolim-
Composição Bethânia/Caetano

Ou seja.. vc pode voar... de outro jeito.. basta esta apaixonado!



Beijos meu querido

railer disse...

eu amo viajar, por isso sempre sonhei em poder me teletransportar.

Gabi César disse...

Já dizia Douglas Adams: voar apenas é cair e errar o chão... ;)