sábado, 23 de julho de 2011

Amy morreu :(

E por falar em vida intensa...

:(

Pelo número de ligações e mensagens que eu já recebi, acho que todo mundo tem ideia do quanto eu estou chateado.

Eu não posso dizer que estou chocado com a notícia. Ela era tão transloucadamente coerente que todos nós já esperávamos por isso. Mas no fundo eu torcia pra que demorasse mais tempo. Torcia pra que ela fosse mais feliz, sei lá. Eu não posso evitar de ficar triste num dia cinza e frio como hoje.

O primeiro post sobre Amy Winehouse, escrito lá em junho de 2007, aqui. O primeiro de muitos aqui no blog, onde ela será sempre a musa absoluta.

Amy, sua vaca, você se foi sem o álbum novo que me prometeu. Mas eu vou continuar te amando, tá?

Intensamente.
.

14 comentários:

Janaína disse...

Ah, Humberto!! Pois eu digo com todas as letras que eu tô completamente chocada sim! E triste pra caramba também. Diferentemente do que a maioria das pessoas vão dizer nesse momento, pra mim, essa situação não é "a crônica de uma morte anunciada". Nunca nos conforma que vamos perder um gênio. Acho que o encantamento e a poesia que artistas como a Amy criam em nós, faz com que seja ainda mais duro e difil de aceitarmos que, como diria o poeta, ela fique "encantada". Não sou da morbidez. Não sou dos tons de cinza. Portanto, apesar de todos os excessos de Amy, é muito excessivo pra mim a constatação real de um corte seco e duro assim, numa história que, apesar de altos e baixos, foi romântica, de cores intensas e muito, muito marcante.
Acho que por isso é que é realmente muito triste!

o Humberto disse...

Disse tudo, Jana, disse tudo...
Tem como não muito chateado não.

Vai ser um festival de cobertura sensacionalista, de piadas escrotas, mas nada disso importa pra mim. Eu nunca gostei da Amy pelo Hype, eu sempre admirei o trabalho e eu sempre gostei da pessoa. E isso que basta pra mim.

Enfim, sei que você me entende.

Muito chato, né?
:/

alan raspante disse...

Ainda não caiu a minha fica. Não mesmo. Não imaginava e nem queria que isso acontecesse agora. Putz, fiquei realmente triste com essa notícia.

Ain, amy, agora querendo ou não, você foi pra rehab.

o Humberto disse...

:(

FOXX disse...

infelizmente né, moço? vamos tomar um porre em homenagem a ela hoje?

o Humberto disse...

Eu acordei com uma amigdalite, depois de quatro anos sem. :(

Vou ver se eu consigo, se não der vamos amanhã com certeza.

Mr. TV disse...

soube da notícia no intervalo da Xuxa agora a pouco, a primeira lembrança foi você. Juro! abraço...

Sarah disse...

Lembrei de você na hora! Claro que ia achar esse post aqui.Sabe, eu sinceramente desconfio dessa coisa de morrer aos 27, pra mim é premeditado...
De qualquer modo é uma notícia terrível de se ler. Uma pena mesmo.

RAFAEL disse...

Olha Humberto, fica todo mundo falando que Amy era drogada e sua morte era prevista...eu não quero saber disso. Eu quero Amy de volta, quero disco novo, quero novas composições...

Eu não curto oq o povo fez no facebook, de falarem que a morte dela não tem que ser sentida e sim dos 92 que morrerão no atentando...

Cara...eu quero sentir tristeza pela Amy p....lamento que tenham morrido pessoas inocentes la nos cafundós...lamento mesmo...mas isso não apaga minha desilusão de ouvir um classico novo...por que tudo oq ela cantava se transformava em classico.

Estou chateado, estou triste. A noticia me chocou pela manhã...e passei o dia pensando nela.

Um mito.

É engraçado como sentimos por pessoas tão longe da nossa realidade um carinho fraterno...era assim que via Amy...sempre com uma vontade intensa de ajuda-la...de protege-la...

A musica perde uma das maiores vozes do desse seculo...e não quero piadinhas a respeito disso...rebati tudo oq li no face.

Abração Humberto..

railer disse...

eu já tinha sentido pelo blog o quanto você gostava dela. eu nunca gostei, mas gosto é gosto e que bom que muita gente que curtia.

o final foi triste, mas previsível.

meus sentimentos, cara. escute muito as músicas dela, já que te faz bem.

Paulo disse...

Fiquei arrasado também. Era fã dela desde o primeiro cd, quando ninguém ainda tinha ouvido falar. Já fazia trocentos posts no blog indicando para todos ouvirem quando ela estourou de vez.

E claro, me identificava horrores com o lado porra louca dela. Já tive muitas noites de Amy na minha vida, mas nunca cheguei perto do que ela fazia no café da manhã...

Infelizmente, uma puta cantora que se vai... :(

Caroline disse...

É triste mesmo, mas no fundo no fundo...não tinha jeito mesmo. Ela se perdeu...infelizmente.

Bjos

Agora é ouvir as músicas antigas mesmo.

Paulo disse...

Tinha um post anterior aquele falando sobre ela, http://numcantinhoescuro.blogspot.com/2007/09/i-love-amy.html

;)

Anônimo disse...

Does your blog have a contact page? I'm having problems locating it but,
I'd like to send you an e-mail. I've got some suggestions for your
blog you might be interested in hearing.
Either way, great blog and I look forward to seeing it expand over time.



Also visit my homepage kamagra-tanio.pl