sábado, 21 de janeiro de 2012

o maravilhoso mundo da moda brasileira

No site da Elle Brasil:

"É ao contrário."
Celso Kamura sabe de tudo.


P.S.: Maldade minha, eu sei. Afinal, a Geanine é bonita, é bonita, bo-ni-ta, bonita, muito bonita, praticamente a personificação da piada do "B-U-C-E-T-A, bo-ni-ta".
P.S.2: “Deixamos o aspecto natural da pele das modelos – nada dramático." Acredite, essa é a resposta de verdade que o Celso Kamura deu ao site da Elle. Assim, natural e nada dramática.
P.S.3: De verdade, sobre a moda brasileira, sabe tudo mesmo é o Ronaldo Fraga. Se você já não leu, spia agora.
.

8 comentários:

Diego Rebouças disse...

O ângulo e a luz não ajudaram em nada também.

FOXX disse...

o máximo a entrevista com o Ronaldo Fraga.

o Humberto disse...

Diego, você conhece a geanine? Vem falar em ângulo, faz favor. Na verdade essa nem é a questão (eu até acho que ela tem uma beleza exótica mesmo). O pior é essa insistência em associar beleza a esse aspecto morto-vivo.

Foxx, a entrevista é muito boa mesmo.

Abrazos!

Heron Xavier disse...

E olha que Kamura produz a presidenta hein rs.

E excelente a entrevista Humberto, obrigado por compartilhar conosco!

Abração.

Maicom disse...

Realmente...
É que estamos ligando demais para contos de fada.

Abração.

Alan Raspante disse...

Ai, acho que Burton se inspirou nela para fazer A NOIVA CADÁVER.

Janaína disse...

Nosso Deus! Se esse for o novo conceito de beleza, o Kamura não chamo o Kamura pra me produzir nem pra uma festa de Halloween!

o Humberto disse...

Tinha um comment de um anônimo aqui, que pelo visto o excluiu. Eu li ontem à noite, deixei pra responder hj pq tava com sono.

Então, caro Anônimo, em consideração ao seu trabalho de comentar aqui, segue resposta, para o caso de vc voltar a ler o post. Abraço!


Vamos esclarecer um ponto: Geanine é diferente dos padrões de beleza, mas nem por isso é feia. Se você tiver clicado no link deve ter visto um outro post onde eu digo que a acho bonita. Mas convenhamos, essa produção do Kamura pro desfile do Herchvitz (impronunciável e impossível de escrever certo) é o erro, é pra deixar qualquer uma horrorosa.

No mais, esse discursinho de modelo fashion, modelo cabide, desculpa, mas tá super manjado. Moda sempre foi uma coisa de contestação, aceitar uma bobagem dessa sem nenhuma discussão é a completa anti-moda. Até quando vai-se engolir esse papo de roupa feita pra cabide? Já não seria hora de fazer roupa pra mulheres não?

Enfim, mas seu ponto de vista é sempre bem-vindo (afinal, ele tá gerando a discussão). Só não precisa assinar como Anônimo né? (inventa um pseudônimo, sei lá). Acho tão incoerente opiniões cheias de atitude “protegidas” por anonimato. Eu não mordo.

Abrazos.