sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

seria fácil se tudo encaixasse direitinho

"O Humberto Explica". O nome desse blog, vocês já devem saber, surgiu completamente por acaso, dentro da tarefa que eu tinha de criar um conceito (e um nome) em um minuto. Mesmo que a ideia inicial fosse tentar solucionar as "grandes questões" das minhas amigas, eu nunca realmente me atrevi a explicar qualquer coisa, Deus me livre disso.

Também não é um "Humberto explica" como se eu tivesse de estar dando explicações, sobre tudo a meu respeito (a quem importaria isso?).

Fato é que às vezes me pego pensando no quão curioso é isso de eu ter um blog (de quase cinco anos!) com esse nome. Justo eu, que tantas e tantas vezes me sinto tão incapaz de expressar o que vai na minha cabeça e no meu coração.

Nos últimos dias andei muito ansioso, com crise de gastrite e tudo o mais. Tudo por conta da avalanche de coisas acontecendo na minha vida. Muita gente envolvida nessas coisas. E uma certeza de que eu não tenho como explicar a cada uma o que se passa. Porque nem eu sei o que se passa.

E talvez, sim, este post seja uma tentativa de explicar isso. Ou é só um desabafo mesmo, pra dar uma respirada e me situar, lembrar que a vida segue e que não depende só de mim pro mundo continuar girando.

Menos, Humberto, menos...

Boa noite/bom dia.
.

9 comentários:

Mr. TV disse...

cara, que susto! parecia que tava dando tchau! querido, eu já falei centenas de vezes aqui, o Humberto explica foi um achado na minha vida, eu paro sempre por aqui pra pensar, refletir, de certo modo a pessoa q vive por detrás das loucuras do Mr. TV é muito parecido com esse daqui do blogue, impressionante como o Humberto, a pessoa mesmo, coloca em palavras coisas corriqueiras, desastres amorosos, mau humor, bom humor com tanta leveza e cuidado, sempre que aqui o leio saio sempre motivado. Fica com Deus viu! E um dia vou ter o prazer de te falar isso pessoalmente, acredite! E aquela história de na outra vida (se houver óbvio!)eu querer você mais perto de mim é verdade. Enquanto isso vamos ficar só aqui internet, tá gostoso assim. Mto obrigado por tudo, fica com Deus.

Caroline disse...

Um dia de cada vez amigo...um dia de cada vez...

Bjo

FOXX disse...

bem...
a gente adora suas explicações por aqui...
pelo menos eu adoro.

Lobo disse...

Bom dia Humberto.

Tentar explicar é uma coisa complicada, porque vai que a gente explica, as coisas mudam, e a gente tem que explicar de novo, e de novo...

É um vortex sem fim.

Um beijo!

Rafa disse...

Blog é para isso, né? Ecplicar, não explicar.. enfim escrever o que der na telha. Fica bem.

Bj

Janaína disse...

passa mesmo, mas enquanto não passa desabafar é essencial! exteriorizar a confusão faz com que ela deixe de ser uma massa só e passa ter contornos, assim vai se tornando possível entender o que acontece, não é? ... comigo funciona assim...
bom final de semana! :)

Heron Xavier disse...

Humberto,

não fica assim...depois da turbulência, sempre há uma aterrissagem bem sucedida (poeticamente, sim rs).

Como disse a Caroline, "um dia de cada vez", mesmo sabendo que nós não sabemos esperar por isto.

E é algo que aprendi, mas que ainda não coloquei em prática:

"Em épocas de crise, tem vendedores que choram e outros que vendem lenços."

Grande abraço.

railer disse...

eu não sabia o porquê do nome...

vai com calma, amigo, que tudo se ajeita...

Janaína disse...

Ah... ultimamente eu não ando explicando nada, Humberto! E nem buscando explicação em muita coisa também, não... rs
Ás vezes, eu tô fluindo mais ou menos como nos versos do sábio Cazuza em Daqui por diante: "Que angústia desesperada, minha fé parece cansada..."
Mas quando eu acho que tá muito complicado, eu me desapego desse verso e me detenho em todo o resto, que é muito mais bonito e inspirador:
"Viver é um vôo pra felicidade ... Apesar de todo desencanto, eu não desisto de amar.
Não vai haver mais dor pra mim
Daqui por diante vai ter que ser assim."