domingo, 12 de fevereiro de 2012

we'll always love her

Qualquer um que viu o auge de uma artista com A maiúsculo como Whitney Houston com certeza vinha torcendo por sua recuperação e esperando seu retorno triunfal, por mais distante que essa realidade parecesse.

É muito, muito triste pensar que lá se vai mais uma voz e um talento do tipo que não mais se vê por aí.

Descanse em paz mesmo, Dona Whitney. Falei pouco de você por aqui neste blog, mas sabe Deus o quanto sua música embalou momentos importantes da minha vida. Músicas como esta e esta, pra citar só duas, dentro dessa sua obra tão marcante.

:/


P.S.: Alguém que sempre falou muito da Whitney em seu site é o Phelipe Cruz, do "PapelPop". Não me surpreende, portanto, que o post que ele fez sobre a morte da cantora tenha sido o mais bonito que eu vi até agora. Vale a leitura.
P.S.2: Sim, eu gostava muito dessa e dessa também, muito.
P.S.3: E pra não esquecer:

"I decided long ago, never to walk in anyone's shadow
If I fail if I succeed
At least I'll live as I believe
No matter what they take from me
They can't take away my dignity."
.

8 comentários:

Serginho Tavares disse...

uma perda imensa
nem tenho mais o que dizer
só lamento e muito que ela tenha ido e nos deixado sem uma volta triunfal a altura do seu talento

beijos querido, seu post foi muito lindo também

FOXX disse...

adeus, whitney.

Heron Xavier disse...

não consegui acreditar quando um amigo recebeu o sms, às 3 e 30 da madrugada e me disse que ela tinha falecido.

Na mesma hora me veio à cabeça o filme "O Guarda costas", tinha quase a certeza que a globo o passaria na filme da tarde. Mas não.

Mais uma grande perda do cenário musical.

Heron Xavier disse...

Muito triste. :(

Janaína disse...

Mais uma linda voz que se cala.
Mais um sorriso de luz que se fecha.
Mais uma estrela de grandeza e talento imensuráveis que se apaga,
e milhões de lágrimas que são derramadas por todos os os que a amaram e que foram tocados pela sua voz.
Whitney, diva... I will always love you!

Diego Rebouças disse...

Eu não consigo escrever sobre, querido, pra eu escrever eu preciso digerir - e ainda não consegui digerir.

Edilson Cravo disse...

Humberto:

Linda postagem, fiquei com os olhos marejados ao te ler.
Linda semana. Abraços.

o Humberto disse...

É, gente, muito chato...

Jana, como sempre você escrevendo comments que são mais bonitos que os posts (vc bem devia ter um blog seu tb, viu).

Edilson, muito obrigado. Se der, leia o post que eu linkei, do PapelPop, texto lindo mesmo.

E diego, meu querido, entendo perfeitamente e espero o quanto for. Eu tb não acreditei muito ainda. Ontem à noite estava vendo alguns vídeos, inclusive incorporei um outro no próximo post (vai entrar daqui a pouco). Difícil entender o que leva essas pessoas, tão brilhantes, a esse tipo de fim, mas enfim.

Abrazos a todos.