quinta-feira, 22 de março de 2012

o amor segundo Annie Lennox

O amor começa com a Annie Lennox cantando isso:



E termina com ela cantando isso:



Mas o bom é que, cedo ou tarde, tá lá ela de novo cantando a primeira música. E assim segue a vida, já que a gente não consegue mesmo viver sem esse milagre que ela, Annie Lennox, chama de amor.



:/
.

12 comentários:

Cores da Crise de meia idade! disse...

Diva!

o Humberto disse...

De verdade. ;-)

FOXX disse...

true story! =)

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

amo esta mulher ... qto mais "velha" melhor ...

Reginaldo disse...

Putz! Como pode um sentimento que te faz tão bem, invariavelmente te fará sofrer algum dia. E olha hoje aos 40 anos, quando acho que aprendi tudo sobre ele, e que se tornou uma variável constante, vem me mostrar que continuo não sabendo nada sobre. E que a dor é igual aos 15, 20, 30 ou 40!

Heron Xavier disse...

Amor tinha de ser aprendido na escola, na 5ª série de preferência.

Parece bobeira, mas se tivesse uma cadeira destas na escola, talvez seríamos menos complexos e o mundo menos violento.

David® disse...

Ufa! ainda bem q vc não postou "no more I love you's"...rs

Prisioneiro 0001 disse...

Que bonito o segundo vídeo.
Não conhecia a Lennox.
Boa descoberta.

;)

Serginho Tavares disse...

Maravilhosa! Não existe outro termo...
Beijos

Mr. TV disse...

Linda!!

Cara, tudo bem? Eu escrevi sobre o episódio de ontem das Brasileiras e pela primeira vez me deparei com uma polêmica, tem alguém lá que não se identifica metendo o pau na Xuxa, distorce um monte de coisa, daí me peguei pensando, tu sabe q eu gosto dela, mas sem fanatismo, mas o Anônimo lá ODEIA com afinco, ta revoltado.
Desculpa encher linguiça aqui viu? Mas é que se eu retrucar, já viu né? Mas eu precisava falar cm alguém, e não sei pq eu escolhi vc. Ah, eu sei, só to fazendo docinho. hehehe... abraço véio, bom fds prucê tb.

o Humberto disse...

Hahaha, podexá que eu vou lá. Adoro anônimos, essas pessoas cheias de personalidade e nenhum crédito porque, né?, criticar sem nem dar o direito de debate, dá pra levar a séro?

Abração meu querido!

o Humberto disse...

Prisioneiro, meu caro, eu não descobri a Annie Lennox não, quem me dera. Ela tá aí há mais de 30 anos, sempre linda e talentosa desse jeito. O negócio é que aparentemente o fato de a mídia dar atenção somente às "divas" do playback fez as pessoas esquecerem um pouco que tem quem cante de verdade, rs.

Abraço, meu caro, e vai conhecer mais a Annie pq ela é um absurdo de boa.

;-)