sexta-feira, 13 de abril de 2012

boo

Tem gente que tem medo de gato. Tem gente que é mais específico, tem medo de gato preto. E tem gente que consegue ter mais medo de gato no dia de hoje.

Hoje é sexta-feira 13. Eu nunca dei atenção a esse tipo de bobagem. Mas sei lá, essa semana não foi bacana, o astral não foi dos melhores, até evitei escrever aqui.

A verdade é que ando tão cansado de algumas bobagens e imbecilidades das pessoas que vou me recolhendo um pouco, talvez só por pouco tempo. Talvez pra evitar que eu aja da mesma maneira idiota, ingrata, imbecil e medíocre que muitas das pessoas agem.

Nesta sexta-feira 13, meu "terror" não são gatos pretos. Meu terror é a estupidez humana, que cria e cultiva todo tipo de imbecilidade, como preconceito contra bicho, por exemplo. Meu terror mesmo é pensar que a espécie humana, especialmente seus piores exemplares, não param de procriar.

Que fim terá isso?
.P.S.: Sim, há momentos em que eu faço a Regina mesmo, sorry.
.

9 comentários:

FOXX disse...

eu não entendi a ironia...
mas senti a presença dela ai
ganho pontos por isso não ganho?

o Humberto disse...

Hehehe, o texto foi ruim mesmo, Foxx, sorry. Não tem nada demais não, nenhuma mensagem subliminar. É isso aí mesmo, só um medinho dessa prole de boçais que não para de crescer.
:P

(meacho)

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

#FATO Humberto e isto me causa MEDO tb!

Reginaldo disse...

Apesar de você afirmar que "o texto foi ruim" me identifiquei e o entendi, não estenderei para não misturar tudo ao mesmo tempo agora.rsrsrs
Mas ótimo final de semana, conterrâneo!

Alan Raspante disse...

Os futuros artistas do Brasil QQ
Medo. Muito medo.

Raphael Martins disse...

Gostei da relação Claudia Leite - Estupidez humana !

Leidi Callegario disse...

Querido Humberto, não sei se a gente pensa em tempo igual ou se um anda roubando o pensamento do outro... a verdade é que, acredite ou não,assim como você, essa semana eu tenho pensado muito, mas muito mesmo sobre esse bando de gente imbecil e desinteressante que anda habitando e nos cercando por aí. Não acho e nem quero que soe como prepotência de minha parte, mas das duas, uma: ou eu ando exigente demais, ou realmente o mundo tá abarrotado de gente imbecil, sem ter o que fazer, sem ter o que falar, sem ter como agir.
Daí eu abro o teu blog e você, fazendo o bruxo feiticeiro, vem com um post exatamente sobre isso.
Ainda não tinha pensado na assustadora relação Claudia leitte-Angélica... mas ela cai como uma luva quando o assunto é imbecilidade.
Obrigada por compartilhar teus pensamentos conosco!!

Posso reproduzir teu post? ( obviamente, dando os merecidos créditos ao autor)?

o Humberto disse...

AH, Leidi, você e seus comentários sempre me revigorando. Falei de você um dia desses com um amigo: comentei que às vezes penso em parar com o blog, pq acho que já falei o bastante, mas que aí eu penso nos leitores bacanas todos e fico mais um pouco (e falei daquele comment que você deixou no fim do ano).

Então, eu te entendo perfeitamente e fico até mais aliviado de perceber que não somos só nós. Ao que parece a idiotice humana anda cansando mais gente.

E, claro, não é uma questão de se achar melhor (eu sou bem idiota até), mas é que a coisa anda desmedida. É só abrir o site da Folha, por exemplo, o tipo de coisa que é manchete e o tipo de comentários que deixam lá. Enfim.

E, claro, pode reprodduzir, citar, é sempre uma honra, de verdade.

Abraço pra você, querida, abração pra todos também!
:)

Aglaé Gil disse...

Então, depois de ler seus posts, de ver-me neles, de reconhecer meus pensamentos em suas palavras, peço também: não, não pare de escrever por aqui.
No mínimo, teremos uma colcha de retalhos maravilhosa, toda costurada - e fortemente - com ideias que encontram espelho.
Um abraço agradecido de uma nova leitora.