sexta-feira, 20 de julho de 2012

ponte sobre águas tensas

Já aviso antes de começar o post: estou em casa, na cama, muito gripado e com febre. De forma que qualquer melação, excesso de sentimentos ou cafonices não são culpa minha, mas do estado (de Minas Gerais!!) que eu me encontro.

Como todos nós sabemos, algumas datas comemorativas se repetem duzentas vezes por ano, como o Dia do Publicitário, o Dia do Jornalista e o aniversário de 70 anos do Paul McCartney. Outra dessas datas é o tal Dia do Amigo.

Mesmo achando que isso é coisa pra se celebrar todo dia (porque ter um bom amigo hoje em dia não é pra qualquer um), aqui no blog sempre tomei o 20 de julho como "data oficial".

A verdade é que nem tava lembrando desta data dois dias atrás, quando ouvi uma música do Simon & Garfunkel que eu adoro e decidi postar sobre ela. Daí, como faço sempre que cismo com alguma canção, saí procurando covers -- onde caí nesta do Johnny Cash, "com" a Fiona Apple, que me levou pra música que postei ontem (viu a conexão né Seu Edu da mente poluída?).

Enfim, ia fazer um post sobre a música, a melodia, o quanto gosto de ouvi-la sempre que tô na merda e tentando não desanimar; Porque, de alguma forma, ela me faz acreditar que, por mais sozinho que a gente se sinta (todos nós temos um lado melodramático), a algum sempre tem um bom amigo com quem podemos contar, nem que seja pra nos dar um tapa na cara e soltar um "acorda pra vida, viado!".

Daí acordei hoje e vi que já era o tal Dia do Amigo. Achei que valia então postar a música aqui. Fico feliz em não poder dedicar a música e o post a só uma pessoa. Estou gripado, nojento, enrolado em dois edredons, suando bicas, mas tenho bons amigos. Gente com quem eu falo todo dia, gente que eu não vejo há dez anos, gente que tá dando pinta no Paraíso. Gente que eu amo (e que me ama também, que eu sei).

Escolhi postar a versão do Elvis Presley para "Bridge Over Troubled Water", que eu nem conhecia, porque me arrepiou os pelinhos -- e olha que eu nem nunca fui admirador assim dele (e olha mais ainda que o pobre já tava na fase "decadente"). A música é cafona, o visual é cafona, o post está super cafona -- mas o que é a amizade verdadeira senão grande uma cafonice?


Besos, abrazos e um obrigado de verdade aos meus amigos de verdade. Que o sejam por muito tempo ainda.

Inté.


P.S.: Tem que deixar aqui um vídeo da original do S&G, né? Acho muitíssimo digna esta apresentação histórica do Charlie Brown da vida real no Central Park, em 1981 (dez anos depois de a dupla se separar, já que não é toda amizade que sobrevive ao sucesso, mesmo quando o sucesso é dos dois).


.

5 comentários:

Cores da Crise de meia idade! disse...

HH,
Feliz nosso dia e melhora!
Se morasse em BH vc não escapava de um leite com mel, conheque francês e canela!
Pode não curar a gripe, mas deixa a gente se sentindo amado pelos deuses!
Bjs

Leticia Uesugi disse...

Oh Humberto, vc despertou a breguice amorosa aqui agora! Eu te amo!!! Mesmo tendo te conhecido na aula de religião! kkkkkkkkkkkkk

Clenio disse...

Querido, feliz dia do amigo...
Estamos os dois mais pra lá do que pra cá (também estou enrolado em edredons e com o aquecedor ligado e tomando chás e mais chás), mas espero que consigamos fortalecer cada vez mais nossa amizade.

Beijo grande
Clênio
www.lennysmind.blogspot.com
www.clenio-umfilmepordia.blogspot.com

E ヅ disse...

Comassim não conhecia a do Elvis?? Clássica!!!

Comassim não dedica a do JC&FA pra mim, posto a conexão com a postagem anterior?

Bah, tá dodói, tá perdoado.

Se cuida!!

Alan Raspante disse...

Feliz dia do amigo, SUPER ATRASADO, mas tá valendo hahaha

Acho que já até melhorou, né? Assim espero...