terça-feira, 27 de novembro de 2012

Betty, a âncora

Isso não é "Jornal da Alterosa" (SBT local), é "Jornal da Horrorosa".

Quem é o responsável por vestir essa pobre dessa âncora, gente??!!
Que jornalismo-Betty-a-feia é esse, Brasil??!!!

Evidentemente que a cobertura do noticiário deve ser o mais importante nesse tipo de atração, mas, gente!, figurino faz parte do conjunto que leva à credibilidade. Como prestar atenção à notícia com uma mulher nesses trajes? Como levar a sério um jornal apresentado por uma pessoa vestida de maneira inapropriada pra se apresentar na padaria da esquina?

Fiquei com dó dessa moça hoje. Cer-te-za que a figurinista responsável (se é que tem isso na Alterosa) tem alguma mágoa de cabocla para com ela. Achei sujeira.

Vida difícil essa de jornalista.


5 comentários:

Heron Xavier disse...

Humberto,

sempre foi assim hehehehehe esta frase é a pior de todas, visto que as pessoas acham bonito falar que a mudança traz conflitos e etc.

Tem dias que ela está pior e me lembro quando Laura Lima e Helena Barone eram âncoras, que se vestiam pior ainda.

Mas se vc parar para observar, tudo é ruim neste jornal: o cenário, as notícias, a chamada.

E vale lembrar que os ternos são muito mal cortados e de cores lastimável.

Sds,

Tô Ligado disse...

Como dizia Copélia: Prefiro não comentar!

Caroline disse...

Nossa...tadinha dela viu!!!

Thiago disse...

hahahahahaha, que dó desse ser!!!

;)

Diego Rebouças disse...

Vestido desabafa: "Na outra encarnação, eu fui um bandô."