sexta-feira, 19 de abril de 2013

and so it is



Eu já contei isso aqui, em algum outro post perdido por aí: eu estava de pé, conversando, no meio do povo, e ele veio na minha direção. Veio porque tinha que vir, porque era pra ser. Veio pra ficar. (e que fique o quanto quiser, que fique feliz, que fique por muito tempo).

Daí que eu de tempos em tempos sempre paro pra pensar no por quê algumas pessoas surgem na minha vida, no como elas surgem, no por quê algumas permanecem e outras se vão. Elas se vão porque seria um inferno a vida com tanta gente no seu círculo de amizade. Imagina se meu amiguinho Marcelino, do prezinho, 30 anos atrás, ainda andasse comigo, avalia o esgotamento emocional?

Mas tem gente que fica. Não que as que se vão não tenham sido importantes ou especiais, muito pelo contrário. É só que a vida é assim mesmo. A vida é movimento, e como todo mundo tá vivo, todo mundo tem direito de fazer parte da sua história ou deixar de fazer, e você não tem muito o que fazer a esse respeito. A não ser agradecer.

Conversando com um amigo, a gente falava disso. Ele surgiu do nada, uns anos atrás. Apareceu no Facebook, me adicionou na cara dura. Eu levei meses pra aceitar, porque nunca fui de adicionar estranhos. Além disso, pra cagar ainda mais pro lado dele, ele era amigo (no Face) de uma das pessoas mais mau caráter que eu tive o desprazer de conhecer. Anyways. Se tornou um bom amigo. O mau caráter eu espero que tenha sido traficado pra Turquia, é o melhor que posso desejar a ele.

Mas o ponto era esse. Até o traficado (digo, o mau caráter), que curiosamente esteve na minha vida em dois momentos, teve seu valor. A "decepção" (porque nunca foi alguém por quem eu pusesse a mão no fogo) com ele me fez mais atento. E ainda me deixou um bom camaradinha.

Todo mundo, quem vem e fica, quem vem e vai, quem te fez bem, quem aparentemente não fez, todo mundo que passa na sua vida, passa por um motivo. E o motivo é te fazer crescer. 

Eu agradeço, no fundo, no fundo, pela oportunidade de ter convivido ou estado com cada uma dessas sei lá quantas pessoas que fazem minha história. Abraçarei e rirei com muitas ainda, brigarei pra cacete com outras tantas. Mas isso tudo é o que vale. Tudo isso é o que faz sentido.


P.S.: Vou ser muito franco: esse papo todo sobre as pessoas que a gente vai conhecendo já vinha rolando mesmo, e eu sempre, sempre me pergunto que pessoas ainda conhecerei. Mas a vontade de escrever este post veio de uma coisa medonha que aconteceu no fim da tarde de ontem. No meio da multidão, às 5.30h, no centro nervoso de TuBHcanga, dois caras vinham em minha direção; eu, sempre afoito, procurava uma loja e atravessei a rua; naquele segundo que eu mudei minha rota um deles tirou um FACÃO (???!!!) (e de onde??) e assaltou uma moça que estava onde eu estava antes. Eu levei uns minutos pra acreditar no que tava vendo. Vim com isso na cabeça, pensando no que uns chamam de coincidência, outros de destino, outros de sorte e outros ainda de Deus. Olha, a vida é punk. E a segurança pública aqui na roça é uma vergonha.

P.S.2: Hoje faz sete meses que se foi uma das pessoas mais importantes da minha história. E um dos motivos pelos quais sou grato a ele são os bons amigos que me deixou. Fora que eu tenho certeza que é coisa dele eu ter encontrado a lindura de pessoa importante da minha história que eu citei no começo deste post.

P.S.3: Pra fechar as coincidências, aquele mesmo amigo que apareceu do Face do escroque me mandou este texto, que, basicamente, diz com muito mais clareza tudo o que eu gostaria de ter dito aqui.


Beijo a todos, bom fim de semana pra gente.


12 comentários:

Alan Raspante disse...

Só uma coisinha:

Posso falar que este é o seu melhor texto? Sei lá. De algum modo, eu li na hora certa, sabe? Um dia eu te explico, rs

01 beijo, seu lindo!

Edilson Cravo disse...

Humberto:

Penso que todos que aparecem no meu caminho são motivos de uma força superior, os que entram e o que saem tb, faz parte da vida, dos ciclos da vida.

Beijo e lindo fim de semana.

Obs: Maravilhosa postagem...boa pra conversa de boteco...rs

Diego Rebouças disse...

Eu entrei na sua vida porque eu sou puro luxo.

Reginaldo disse...

Texto inspirador!! :-D

Mr. TV disse...

Todo mundo, quem vem e fica, quem vem e vai, quem te fez bem, quem aparentemente não fez, todo mundo que passa na sua vida, passa por um motivo. E o motivo é te fazer crescer.
vai pro face hehehe

Laila Seabra disse...

Lindo! Gostei muito! Beijocas!

Helena disse...

Que texto lindo! Tb agradeço todos os dias pelas pessoas especiais que conheci e com quem mantive contato (o sr.está incluído nessa lista), e mais ainda pelas pessoas desagradáveis que conheci e que, graças a Deus, nunca mais tive que conviver! hahaha

Raphael Martins disse...

Concordo com o Alan : seu melhor texto. Pelo menos dos que li até hoje.

PS: Tb te adicionei na cara dura. :D

Caroline disse...

Adorei o texto amigo!! Lindo demais. Fiquei com uma saudade de você e de várias pessoas, mas a vida passa e aprendemos que saudade é coisa boa.

O texto do seu amigo tb é sem palavras...

Bjo

SÉRGIO LIMA disse...

♥ LINDO!!! ♥

PARABÉNS.

ABRAÇOS,

SERGINHO

Heron Xavier disse...

Que texto gostoso de ler Humberto!

E parei para pensar em tudo o que escreveu...e está certo. É incrível a quantidade de pessoas que chegam, sentam para tomar um café e vão embora de nossas vidas. E amigos de décadas que se tornam meros desconhecidos com o passar dos mesmos...

E que loucura o cara do facão rs, eu acredito que tudo tem um motivo e se tu fostes desviado de lá, é pq não deveria está lá no momento do "olha a faca!".

Abraços meu caro e saudades é algo que deve ser cultivado de maneira positiva, tanto para ti como para ele, que está em um bom lugar.

:)

Heron Xavier disse...

Ah, o clipe é fantástico!!!! Apesar de eu não gostar do filme rs.