quinta-feira, 13 de março de 2014

minha dor

"Goodbye, my love, my friend, my pain, my joy
Goodbye. Goodbye. Goodbye."


E vai ficando cada dia mais difícil fingir que eu não sei o que é me me deixa do jeito que eu estou.
Uma hora eu vou ter que aceitar. 


3 comentários:

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

putz! q foda isto eim?

o Humberto disse...

FDP desse filme me fez chorar um tanto que eu até assustei. Mas foi ótimo, pq eu tava precisando, foi pouco até. Sem contar que ima vez que você aceita fica mais leve prosseguir, então valeu bastante.

Abração Bratz, bom dia. (y)

o Humberto disse...

E o mocinho da foto, apesar de mocinho (e do cabelo) é muito gatinho, rs.